a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Pedro Henriques- “Jogo ...

sábado , Abr. 10 2021
48

Jordi Bargalló- ...

sábado , Abr. 10 2021
62

Miguel Rocha - ...

sábado , Abr. 10 2021
37

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
60149

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
28102

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22474

Edo Bosch: «Queremos um ...

terça , maio 01 2018
1261

Paulo Freitas- “Nunca ...

sexta , Nov. 20 2020
246

FPP - OIST passou pela ...

sexta , Mar. 10 2017
1271

3 Massagista Essencial 2

ppereiraudo

O Treinador da UD Oliveirense diz que as nove equipas em prova são todas candidatas a passar à final-four da Liga Europeia.
Paulo Pereira, na antevisão à fase de grupos da Liga Europeu não escondeu a ambição, mas sublinhou o grau de dificuldade da prova, que se disputa no Luso.
A Oliveirense, que procura o primeiro título europeu, entra em campo no sábado, às 15h00, para defrontar o Reus, oito vezes campeão.
À final-four passam os primeiros classificados de cada grupo (3) e o melhor segundo.

Expectativas
"Vamos com as expectativas máximas. Estamos num grupo fortíssimo, todas as nove equipas são muito fortes. Temos que vencer o primeiro jogo para podermos: aspirar à final-four. Depois vamos defrontar o campeão em título que é o Sporting. São dois jogos muito difíceis e vamos ter que estar no nosso máximo para passarmos às meias-finais. Qualquer equipa que nos calhasse ia ser extremamente difícil mas a equipa está a trabalhar bem para encararmos esta prova da melhor maneira e isso passa por chegarmos lá nas máximas das forças e passarmos às meias-finais."

Ausência de Raul Marín (Réus)
"O Raúl Marín é uma pedra fundamental na equipa do Réus mas se calhar vão utilizar outras armas e podem ter um coletivo ainda mais forte. Sabemos que mesmo assim o Réus é uma equipa muita forte e tem o melhor marcador da OK Liga. Com ou sem Raul vai ser um jogo muito difícil para nós."

Jogo com o Sporting
"A primeira derrota do Sporting esta época foi com a Oliveirense: são duas equipas que se encaixam muito bem. Vai ser um jogo decidido nos pormenores e espero que sejamos nós a ter mais sorte nos pormenores."

Níveis físicos e psicológicos
"Fisicamente a equipa está no máximo e estão todos preparados para dar o seu contributo e psicologicamente também queremos muito passar à Final 4 e é isso que vamos transportar para os dois jogos."

Fonte- Jornal “O Jogo” * Foto- Amin Chaar/Global Imagens

4 Manicure Pedicure 2

98201867 3184909604900888 2962777399806132224 n

O Óquei Clube de Barcelos venceu pela última vez a Liga Europeia em 1991, tendo ainda no seu palmarés duas Taça CERS (a última na época 2016/17), uma Taça das Taças e uma Taça Continental. Faz parte do Grupo A juntamente com o Futebol Clube do Porto e o CE Noia.

Reinaldo Ventura, internacional português a jogar pelo OCB, explica-nos como vê o regresso da competição e faz antevisão da prova.

É “com agrado” que Ventura vê o regresso da Liga Europeia passados quase dois anos, pois “é uma competição que envolve as melhores equipas a nível europeu e todos os jogadores gostam de estar inseridos nestes momentos de decisão contra grandes equipas e grandes jogadores”. Reconhecendo o período difícil que afeta também a modalidade, considera que “temos que nos sentir uns privilegiados por estarmos inseridos numa competição deste género”.

Segundo o jogador “a equipa está focada e com muita vontade de regressar a uma competição de onde estava afastada há demasiado tempo. Quanto aos objetivos e às equipas que fazem parte deste grupo temos que pensar num jogo de cada vez e fazer de tudo para tentar atingir o nosso objetivo que é dignificar ao máximo a camisola que vestimos. Depois se conseguirmos atingir a Final4 será uma vitória incrível para nós”.

Fonte- FPP * Foto- Facebook Reinaldo Ventura

4 Esteticista Essencial 2

alejandro dominguez 1 new

O SL Benfica enfrenta dupla jornada da Liga Europeia de hóquei em patins, com o HC Deportivo Liceo, no sábado, e o FC Barcelona, no domingo.

Inserido no Grupo C, o Benfica tem, neste fim de semana, dois importantes jogos – HC Deportivo Liceo (sábado) e FC Barcelona (domingo) – para garantir a passagem para as meias-finais da Liga Europeia de hóquei em patins, este ano com um novo modelo competitivo.
"São jogos muito bons. As nove equipas que participam nesta fase inicial são duríssimas e sérias candidatas a conseguir o título", alertou o técnico Alejandro Domínguez, em declarações à BTV, no programa "Sport Lisboa e Modalidades".

Sem tempo para descansar, o Benfica inicia a participação na prova com um duelo frente ao HC Deportivo Liceo (sábado, às 18h00), jogando a 2.ª ronda no domingo (20h00), diante do FC Barcelona. Um novo formato, mais condensado do que o habitual, que agrada ao treinador das águias.

"Eu gosto da forma de jogar em dois dias consecutivos. Há pouco tempo de descanso, é verdade, mas os jogadores estão completamente focados, não há uma pausa em que se possam distrair. Temo-nos preparado muito bem, e sinto-me muito confiante por ver a equipa trabalhar diariamente com muita confiança, estão todos muito bem fisicamente. Será difícil, mas uma competição muito atrativa e temos muita vontade de jogar", confessou Alejandro Domínguez, que analisou o primeiro adversário, 2.º classificado na OK Liga (Espanha).


"O Liceo é uma equipa muito forte fisicamente, que nesta época só perdeu dois jogos. Tem um potencial ofensivo tremendo, eles têm as suas ferramentas, mas nós também temos as nossas. Tenho uma fé tremenda na nossa equipa e, se fizermos o nosso trabalho de forma séria – e nesta época temos sido muito sérios em todos os jogos e muito fortes coletivamente –, vamos conseguir fazer um bom resultado e ganhar estas partidas muito difíceis", considerou.

"Temos muitas expectativas colocadas nesta competição. É uma das provas mais importantes do mundo, e temos muita vontade de conseguir algo bom. Os melhores jogadores do mundo estão nos melhores clubes do mundo e no [Pavilhão Municipal do] Luso estarão, sem dúvida, os melhores clubes do mundo", reforçou.

Recorde-se que os vencedores de cada um dos grupos e o melhor segundo classificado vão avançar para as meias-finais da competição, marcadas para 14 e 15 de maio.

Fonte- SL Benfica/ Filipa Fernandes Garcia * Foto- SL Benfica/Cátia Luís

3 Massagista Essencial 2

girao

O Sporting CP, vencedor de duas Taças CERS, três Taças das Taças, uma Taça Continental e duas Ligas Europeias, a última em 2018/19, é atualmente o Campeão em título e vai disputar a fase de Grupos da competição no Grupo B, juntamente com o Reus Deportiu e a UD Oliveirense.

O guardião da Seleção Nacional e do Sporting CP, fala-nos sobre o regresso da Liga Europeia e quais os objetivos para esta primeira fase.

O regresso da Euroliga é sempre muito importante. A Liga dos Campeões junta os melhores jogadores e clubes de todos os países. É sempre uma competição muito bonita, muito especial. Tenho pena que este ano, devido a esta pandemia, que as coisas não possam ser como sempre foram, ou seja fazer a fase de grupos, jogar cá e ir lá, fazer as viagens. É sempre bonito podermos contar com o público adversário, jogar em pavilhões diferentes, sítios onde as pessoas se calhar encaram o hóquei de maneira diferente”.

Para o guarda-redes, este é “um ano atípico, é uma competição diferente, mas onde toda a gente vai querer ganhar porque é uma liga dos campeões e não vai ter menos valor a liga dos campeões este ano do que a de há dois anos”.
“É muito importante para o hóquei que se mantenha vivo e espero que, agora no futuro, a tendência seja melhorar o modelo competitivo, seja tornar o espetáculo antes e durante mais forte, com o que os espectadores gostam mais de ver pois isso é o que vai fazer com que a modalidade ande para a frente”, acrescenta.

Girão afirma que “as nossas expectativas são as mesmas de sempre: ganhar jogo a jogo” e garante que a equipa está completamente focada no Reus. “Vamos com uma expectativa alta e com a vontade de querer passar o grupo, mas sempre com o foco total no Reus porque é o primeiro jogo e é o que temos pela frente para ganhar. Temos a noção que não vai ser fácil, ficámos num grupo com duas grandes equipas, mas nós somos o Sporting e como tal, entramos em todos os jogos para ganhar e não vai ser nada diferente daquilo que tem sido até agora: ganhar na cabeça e no pensamento”.

Fonte- FPP

3 Maquilhagem 2

133775894 1840452989465474 4011327424397246707 o

Mais de um ano depois o FC Porto volta a disputar a Liga Europeia de hóquei em patins. Devido à pandemia da covid-19, a maior competição de clubes do velho continente foi interrompida no decorrer da época transata e adiada no arranque da presente temporada. Portugal é o país anfitrião da prova em 2021 e este fim de semana jogam-se os encontros da fase de grupos. Inserido no grupo A, o FC Porto defronta os catalães do Noia na ronda inaugural da competição com arranque previsto para as 13 horas desta sexta-feira (FC Porto TV/Porto Canal).

Na véspera da entrada em pista no Pavilhão Municipal do Luso, Guillem Cabestany considera que os Dragões chegam “a este fim de semana importante com a confiança em bom nível”. Na ótica do técnico portista, o Noia “é uma equipa muito disciplinada, bem organizada” que causará “imensas dificuldades” aos campeões nacionais. Ainda assim, o treinador azul e branco aponta bem alto: “Estamos atrás deste título há muitos anos, mas não vamos deixar de acreditar e de ter confiança por causa disso. Se não era melhor ficarmos em casa, mas o que queremos é estar na final para tentar ganhá-la.

Percurso no campeonato pode ajudar
“São competições diferentes, obviamente, mas a trajetória das equipas tem alguma importância. Às vezes a equipa joga mal, consegue dar a volta e fazer bons jogos, mas pessoalmente prefiro chegar com a confiança e o ânimo em alta. Nesse sentido temos feito um bom campeonato, o que nos ajuda a chegar a este fim de semana importante com a confiança em bom nível.”

Esforço da organização merece elogios
“A competição é a mesma, mas o formato é totalmente diferente. O importante numa época com tantas mudanças era jogar esta competição. Para o desporto e para a nossa modalidade era importante não saltar mais um ano as provas europeias. Seja o formato que for acho que os clubes e as federações fizeram um esforço, por isso temos que deixar as críticas de lado e valorizar este esforço coletivo para que se possa competir e apurar o campeão da Europa. É um formato diferente, mas por sorte conhecemos bem a equipa que vamos enfrentar no segundo jogo (Óquei de Barcelos), porque jogámos contra eles há pouco tempo atrás. Assim que acabe o jogo contra o Noia vamos focar-nos nessa partida. Mas tem sido uma semana de preparação para o fim de semana, com bastante trabalho. Mais para a equipa técnica do que para os jogadores, neste caso.”

A busca pelo troféu que teima em escapar
“Claro que é possível ganharmos esta competição, mas é difícil como todos sabemos. É uma competição muito difícil, ainda para mais neste formato tão reduzido e rápido, em que qualquer distração nos quatro jogos que podem garantir o título nos pode afastar. Estamos atrás deste título há muitos anos, mas não vamos deixar de acreditar e de ter confiança por causa disso. Se não era melhor ficarmos em casa, mas o que queremos é estar na final para tentar ganhá-la.”

Cientes da qualidade do adversário
“Acho que é uma equipa que não nos trará grandes surpresas. Pode haver quem pense que o Noia é uma equipa menos importante ou com menos valor do que outras com mais nome, mas essas pessoas vão ficar surpreendidas. No ano passado perdemos, e bem, contra eles na fase de grupos. O Noia fez um jogo muito bom e nós não conseguimos ter a eficácia necessária. No Dragão Arena ganhámos com muito sofrimento e só marcámos os dois últimos golos dentro dos três minutos finais. Sabemos que é uma equipa semelhante à do ano passado, com algumas trocas, mas tem uma estrutura similar. É uma equipa muito disciplinada, bem organizada e vamos ter imensas dificuldades. Se no ano passado já estávamos à espera de um bom Noia, este ano não vamos ficar surpreendidos com a melhoria do plantel em termos de experiência.”

Fonte/Foto- FC Porto

2 Cabeleireiro Essencial 2

20210327 mvp 0342

Sporting CP arranca esta sexta-feira a fase de grupos da Liga Europeia

A equipa principal de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal defronta, nesta sexta-feira, o Reus Deportiu no primeiro jogo da fase de grupos da Liga Europeia. O encontro está marcado para as 17h30 e, tal como todos as partidas da fase de grupos da prova, vai disputar-se no Luso, onde a prova vai decorrer até domingo.

Paulo Freitas está ciente das dificuldades que os Leões vão ter pela frente, primeiro com a equipa espanhola e depois com a UD Oliveirense, mas está confiante: “As expectativas são as melhores, nunca nos esquecendo que não fomos competentes o suficiente na época passada para garantir o apuramento para a fase seguinte. Lembramo-nos e assumimos a nossa responsabilidade, e, portanto, este ano queremos fazer tudo diferente e seguir em frente, sabendo as dificuldades que vamos encontrar”.

“O Reus Deportiu é uma referência do hóquei em patins mundial, é uma boa equipa, recheada de bons jogadores e forte em todos os momentos do jogo. Jogámos contra eles na fase de grupos da época passada e não vencemos. Lá empatámos e cá perdemos porque demos 25 minutos de avanço e na segunda parte, apesar de termos sido superiores, não conseguimos virar o resultado”, alertou o treinador Leonino.

Por isso mesmo, Paulo Freitas não tem dúvidas sobre a postura que a formação verde e branca terá de ter frente ao Reus Deportiu: “Temos de estar muito concentrados desde o primeiro segundo do jogo, muito focados nas nossas tarefas defensivas e ofensivas, percebendo claramente onde podemos criar mais mossa no processo defensivo adversário”. “Não nos podemos distrair um segundo, temos mesmo de estar concentrados nas nossas tarefas, nos nossos colegas e nos adversários”, sublinhou.

Fonte/Foto- Sporting CP

2 Barbeiro 2

170264209 139095911552328 6465116833477237646 n

O Futebol Clube do Porto conta com duas Taças CERS, duas Taças das Taças e venceu por duas vezes a Liga Europeia, a última na época 1989/90. Está no Grupo A juntamente com o CE Noia e o OC Barcelos.

O jogador da seleção lusa e do FC Porto enquadra as suas expectativas para a prova a realizar no Luso.

Para Gonçalo Alves “é muito importante a Liga Europeia voltar, porque estamos a falar da melhor competição de clubes que podemos jogar. As equipas ambicionam muito poder estar nestas fases e mais perto de a vencer”.

Os nossos objetivos nesta primeira fase passam por passar a Final4 da Liga Europeia. Mas sabemos que não será fácil e que tanto o Noia como o Barcelos vão querer o mesmo. Estamos cá para trabalhar durante o fim de semana para conseguirmos o nosso objetivo”, acrescenta.

Fonte- FPP

1 UnhasGel 2

170042731 4144083798991601 5260352758363414300 n

O Pavilhão Municipal do Luso recebe a partir desta sexta feira a Fase de Grupos da Liga Europeia de Clubes.
Serão 9 as equipas, divididas em 3 grupos que irão tentar as quatro vagas para a fase final da prova a realizar em meados de Maio.
Uma prova com sotaque ibérico, já que serão cinco Clube portugueses e quatro espanhóis a lutar pelo troféu mais ambicionado do hóquei em patins europeu a nível e clubes.

A competição arranca com o jogo FC Porto-Noia (13h00, Porto Canal), opondo duas formações que não vencem esta prova há muito tempo. Os dragões, com dois títulos europeus, foram campeões em 1985/86 e em 1989/90, enquanto que o Noia levantou a taça em 1988/89.

Às 17h00 (Sporting TV), no Pavilhão Municipal do Luso entram em campo Sporting e Reus, cabendo aos leões a defesa do título conquistado em 2018/19 (a época passada não teve campeão, porque a época foi anulada, devido à pandemia). Os catalões, vitoriosos por oito ocasiões, procuram reeditar 2016/17, temporada em que chegaram à final e bateram a Oliveirense.

A jornada desta sexta-feira termina com o encontro das 20h00 (Barça TV) com o Barcelona a defrontar o Liceo. 22 vezes campeão europeu, o Barça não ganha desde 2017/18, ao bater o FC Porto na final do Dragão. O Liceo, que em 2011/12 ganhou ao Barça na final, procura o sétimo título.

Nesta ronda, o Benfica, campeão em 2012/13 e 2015/16, está isento, tal como a Oliveirense, que parte em busca do primeiro título europeu, e Barcelos, campeão em 1990/91.

Fonte- Jornal “O Jogo”

1 Esteticista Inicial 2

 jl12887

Terminado o encontro em casa do AD Valongo, com a equipa principal de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal a vencer por 4-7, este sábado, Paulo Freitas fez a análise ao desafio contra um conjunto que, recentemente, empatou com os Leões em Alvalade.

"No jogo no Pavilhão João Rocha, só nós quisemos ganhar, o AD Valongo jogou no nosso erro e cometemos um erro grave. Acabámos por não conseguir conquistar os três pontos. Sabíamos que hoje íamos ter dificuldades, mas sabíamos da nossa qualidade e que queríamos vir buscar os três pontos. O jogo esteve equilibrado nos primeiros dez minutos e a partir daí controlámos. Fizemos um jogo com qualidade e estamos satisfeitos. Agora vamos descansar e preparar a Liga Europeia. Houve dualidade de critérios na arbitragem, mas conseguimos ter uma boa atitude e não perdemos o foco", começou por dizer o técnico em declarações ao Jornal Sporting.

"O que mudou foi o nosso processo ofensivo. Fomos mais compactos e não deixámos criar muitas oportunidades. O resultado ao intervalo peca por escasso. Na perda da posse, não permitimos tantas transições ao AD Valongo. Grande parte do êxito de jogo esteve aí", acrescentou Paulo Freitas.

Fonte/Foto- Sporting CP

3 Maquilhagem 2

oliveirense tomar sara 1 gr

A Oliveirense venceu este sábado o SC Tomar por 3-2 em jogo que se encontrava em atraso referente à 17.ª jornada, mantendo dessa forma a luta com o Benfica pelo quarto lugar, a uma jornada do final da fase regular do campeonato nacional da 1.ª divisão.
Uma partida onde a equipa ribatejana vendeu cara a derrota num encontro onde a equipa de Paulo Pereira acabou por ser mais assertiva e foi em alguns momentos mais forte que o conjunto tomarense.
Aos 14 minutos Lucas Martinez inaugurou o marcador numa jogada individual mas ainda antes do intervalo Lucas Honório restabeleceu a igualdade numa jogada onde foi expedito após uma defesa incompleta de Puigbi.
Um primeiro tempo equilibrado, com algum ascendente da Oliveirense, mas sempre com o SC Tomar a espreitar o contra ataque, valendo a atenção do guardião internacional espanhol.
A Oliveirense viria a ganhar vantagem logo ao segundo minuto da etapa complementar, obrigando o SC Tomar a ir à procura do empate.
Com os leões mais expostos foram várias as oportunidades desperdiçadas pela Oliveirense que ainda assim chegou ao 3-1 aos 16 minutos por intermédio de Jordi Bargalló.
Ultimos minutos onde a formação ribatejana assumiu o risco e já depois e Lucas Honório ter permitido a defesa a Puigbi, na marcação de um LD (10.ª falta da UDO), seria Rubén Suosa a fazer o 3-2 já no ultimo minuto do encontro, na marcação de uma grande penalidade.
Um triunfo justo da Oliveirense perante um SC Tomar atrevido e a jogar olhos nos olhos com o conjunto de Oliveira de Azeméis, e que obrigou a equipa de Paulo Pereira a não se distrair sob pena de ser surpreendida.
Resta agora uma jornada para finalizar esta fase regular, com a Oliveirense a receber no “Dr. Salvador Machado” o FC Porto, enquanto o SC Tomar receberá no Municipal de Tomar o despromovido Riba D´Ave HC.

Foto- Sara Ferreira/ www.hoqueipatins.pt 

2 Cabeleireiro Essencial 2

166710000 2971623423124609 7600053982978086714 n

Pedro Gonçalves é o convidado de honra da tertúlia organizada pelo “Hóquei a Sul”.
Treinador da equipa sénior do Parede FC, atual líder da zona sul da 2.ª divisão, Pedro Gonçalves irá abordar o tema “Começar do zero - Como reorganizar estruturalmente um clube de hóquei em patins”, falando, de certa forma, na primeira pessoa, sobre o projeto do Clube da Linha, que agarrou, à algumas épocas, quase do zero, alicerçando ao longo deste tempo um trabalho que está à vista de quem quiser ver.
Vai-se falar, debater, partilhar ideias, no fundo serão cerca de 90m a falar de uma PAIXÃO, o Hóquei em Patins.
A entrada será permitida a todos os interessados a partir das 21h15 para se iniciar, sem atrasos pelas 21h30.
Para ter acesso à transmissão terá de enviar uma mensagem para o WhatsApp (+351 910721419) com o texto “Quero participar” e será facultado o Link da Tertúlia a partir das 21h00.

Foto- Silvia Serrano

2 Barbeiro 2