a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

LEC- Valongo entra a ...

sexta , Jan. 27 2023
12

LEC- Resumo UD ...

sexta , Jan. 27 2023
19

LEC- Oliveirense entra ...

sexta , Jan. 27 2023
8

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62962

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31825

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25810

Fábio Quintino é o novo ...

sexta , Jun. 17 2016
2098

1.ª D- Resumo Parede FC- ...

terça , Dez. 14 2021
357

Resumo Taça Latina: ...

domingo , Abr. 01 2018
1529

5 Massagista Essencial 30 1

aldomin

Após a vitória deste domingo na recepção ao OC Barcelos (3-2), na oitava jornada da fase regular do Campeonato Nacional, o treinador da equipa principal de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal, Alejandro Domínguez, destacou a postura da equipa, que mesmo depois de ter ido em desvantagem para o intervalo por 0-2, conseguiu dar a volta na segunda parte.

“Sabíamos que íamos enfrentar uma equipa muito bem encaixada defensivamente, com um grande guarda-redes, e que se se pusesse na frente ia ser complicado vencer. Lamentavelmente esse cenário confirmou-se, mas a personalidade da equipa e o nível de rotação, quase a cada quatro minutos porque a exigência física era altíssima, fizeram a diferença”, disse à Sporting TV.

Hoje há duas leituras possíveis. Uma é a determinação e espírito que esta equipa tem e depois o facto de nunca terem renunciado ao plano, que era atacar de forma directa e defender alto contra um rival que nos complicou muito a tarefa. Eles escondiam bem a bola e custava-nos muito recuperá-la para poder atacar”, referiu, identificando aquela que foi a “chave” do triunfo.

Parece-me que a chave foi o espírito que a nossa equipa teve e os adeptos, que nos empurraram e deram a garra e energia necessárias para conseguirmos dar a volta ao jogo e vencer. Por vezes quando as coisas não estão a sair tentas jogadas individuais porque pensas que o plano inicial não funciona, no entanto a equipa acreditou até ao último minuto e conseguimos a vitória”.

Alejandro Domínguez abordou ainda o rendimento da equipa depois do Mundial de selecções.

Tivemos oito jogadores longe quase seis semanas longe e no regresso tínhamos muitas dúvidas. Era a primeira vez que o Mundial acontecia a meio do campeonato, mas é esta a personalidade da equipa. Desde que voltámos, ainda não descansámos um único dia e fizemos três jogos, isto não pára. Vamos confiar que os jogadores continuarão a ter gasolina para vencermos os jogos”.

Fonte-Sporting CP * Foto- Jornal "O Jogo" 

6 10Massagista Inícial