a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

FC Porto vence Deportivo ...

sexta , Ago. 19 2022
30

Águias vencem OC ...

sexta , Ago. 19 2022
40

Frederico Mascarenhas ...

sexta , Ago. 19 2022
37

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62226

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31099

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25237

Marc Gual renova pelo ...

terça , Jul. 17 2018
1203

Cinco hoquistas deixam a ...

quinta , Jun. 13 2019
2465

Anderson Luís renova ...

sexta , Jun. 02 2017
1682

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

290958618 463263485802234 8298386528673102465 n

A Seleção Nacional esteve dois dias, em Sesimbra, no estágio de preparação para o Mundial dos World Skate Games, que se realiza em novembro, na Argentina.

Na conferência de imprensa no final dos trabalhos, Rafa considerou que «o balanço é positivo» e «acima de tudo, é sempre bom estarmos juntos em contexto de seleção e aproveitar, tanto dentro como fora da pista, conhecermo-nos ainda melhor e conhecer atletas que ainda não tínhamos tido oportunidade de trabalhar juntos. Por isso o balanço é positivo e penso que o objetivo foi cumprido».

O atleta da seleção nacional salientou que «o objetivo deste estágio é também começarmos a interiorizar que vamos ter o mundial em novembro. A partir do momento em que entramos aqui no estágio da seleção, pensamos sempre na próxima competição que é o mundial. Por isso esse tema esteve e estará presente, muito mais a partir de agora e até ao fim».

Sobre o estágio ter sido realizado no final da época, Rafa foi perentório: «não custou – até porque acho que qualquer atleta que venha à seleção vem com enorme orgulho e prazer. Não é sacrifício nenhum estar aqui nem vestir esta camisola por isso, apesar de ser numa altura de final da época – onde há muito cansaço – não são dois dias que nos vão tirar o sono e que nos vão deixar ainda mais cansados», disse.

O selecionador nacional, Renato Garrido, chamou a este estágio um leque mais alargado de 16 atletas, o que Rafa considerou «positivo» e sublinhou que «a seleção não é um grupo fechado». «Estão aqui os melhores durante a época e é sempre bom termos um grupo mais alargado», disse lembrando que «também é bom os jogadores que já estão cá há mais tempo sentirem que há jogadores que podem entrar na seleção e que o facto de termos um passado na seleção não nos garante nada para o futuro». «É sempre bom conviver com pessoas diferentes e perceber que todos nós podemos representar a seleção no mundial de novembro e que sejam os dez que forem, Portugal vai ser bastante competente».

Fonte- FPP / Foto- FC Porto

cabeleireiroa inicial 1