a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Protocolo do Sistema de ...

quinta , Ago. 11 2022
32

Calendário da Elite Cup ...

quinta , Ago. 11 2022
56

WSE Continental Cup será ...

quarta , Ago. 10 2022
47

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62207

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31075

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25216

Resumo 3.ª Div. Sul 23ª ...

quarta , Abr. 06 2016
1631

AP Setúbal- CF Estremoz, ...

segunda , Jan. 23 2017
2308

Miguel Vieira- “Espero ...

terça , Dez. 29 2020
601

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

iisa8823 0

O FC porto goleou esta tarde o Sporting CP por esclarecedores 2-7 em jogo que contou para a 18.ª jornada da fase regular do nacional da 1.ª divisão, dilatando desta forma para cinco pontos a distância da equipa lisboeta.
Uma partida que tiveram em Carlo Di Benedetto e Telmo Pinto - autores de um bis cada - as principais figuras e regressaram do Lumiar com uma vitória gorda que certamente muita gente não esperaria.

De volta ao palco onde fizeram a festa em dezembro passado, os Dragões entraram com tudo e abriram o marcador na concretização de uma jogada de entendimento entre Gonçalo Alves e Carlo Di Benedetto. Na sequência de um cartão azul a Reinaldo García, e do respetivo livre direto, a equipa da casa ainda empatou por intermédio de “Nolito”, antes de Telmo Pinto finalizar de primeira e de, no lance seguinte, Toni Pérez repor a igualdade na recarga de uma defesa de Xavi Malián. A partir daí começou a sobressair a qualidade do jogo ofensivo do FC Porto: primeiro Rafa - num grande disparo de longa distância -, depois Telmo - numa execução técnica sublime - e, por fim, Carlo, a concluir um contra-ataque como vem nos livros - elevaram a contagem até à mão cheia e deixaram o adversário visivelmente afetado.

Mais quezilenta e menos bem jogada, a segunda parte começou por ser marcada por muitas faltas e pela falta de eficácia no powerplay. No equador da etapa complementar, Xavi Barroso rematou cruzado e rasteiro para o fundo das redes de Girão e inscreveu o respetivo nome na lista dos marcadores. Incapaz de travar o poderio portista, o Sporting de Lisboa mostrava grandes dificuldades no seu jogo perdendo-se muitas vezes em situações que acabaram por ser inócuas naquilo que a equipa precisava.

Gonçalo Alves ainda desperdiçou nova bola parada, exemplo que Gonzalo Romero não seguiu a dois minutos e meio de soar a buzina. O oitavo golo portista esteve perto de surgir nos últimos instantes, mas o travessão da baliza do Lumiar impediu Rafa de se estrear a marcar.
Um triunfo que permitiu ao FC Porto alargar a diferença na liderança do nacional da 1.ª divisão.
Na próxima jornada a jogar a 26 de Fevereiro o FC Porto recebe o Parede FC com o Sporting CP a deslocar-se ao reduto do OC Barcelos.

Fonte- FC Porto * Foto Sporting CP

5 barbeiro completo