a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

FC Alverca termina com ...

segunda , maio 23 2022
88

Tiago Almeida deve ...

segunda , maio 23 2022
59

Play- Off – Resumo do SC ...

segunda , maio 23 2022
28

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61971

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
30701

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
24906

Fânzeres volta a receber ...

terça , Nov. 10 2015
1882

3.ª D- FC Alverca inicia ...

segunda , maio 20 2019
1092

HC “Os Tigres” ...

segunda , Out. 01 2018
1364

ventosaterapia

72786942 1396841693826608 3727168990221434880 o

FC Porto recebe a Oliveirense na 11.ª jornada do Nacional de hóquei em patins (sábado, 15h00)
A 11.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins reserva um duelo escaldante entre o FC Porto e Oliveirense, os dois primeiros classificados que por esta altura estão separados por um ponto. Na projeção do encontro que se disputa este sábado (15h00, FC Porto TV), num Dragão Arena com lotação esgotada (adaptado às novas restrições), Gonçalo Alves garantiu que “não há tempo para pensar na derrota com o HC Braga”, por isso o foco é absoluto no desafio que se segue, de preferência com o máximo de apoio possível da Nação Porto: “Se conseguirmos ter as 1.000 pessoas que são permitidas já será muito importante”, afirmou o melhor marcador da prova (23 golos). À entrada para esta ronda, o FC Porto é líder isolado, com 27 pontos, mais um do que a Oliveirense, segunda classificada.

O desejo de regressar as vitórias
“Vamos entrar em campo com vontade de conquistar os três pontos, mesmo sabendo que é um duelo contra o segundo classificado e que ainda não perdeu no campeonato. Queremos ser a primeira equipa a derrotá-los e acredito que vai ser um jogo muito emotivo. A Oliveirense é uma equipa muito aguerrida e equilibrada, mas temos de saber aproveitar o nosso jogo.”

A derrota em Braga já faz parte do passado
“Não há tempo para pensar na derrota com o HC Braga. Foi um jogo atípico que poderíamos ter vencido, pois tivemos muitas oportunidades para marcar. Foi um jogo menos conseguido da nossa parte, mas já só pensamos na Oliveirense.”

A importância da Nação Porto
“É muito importante termos os nossos adeptos aqui connosco, mesmo com as novas restrições no Dragão Arena. Se conseguirmos ter as 1.000 pessoas que são permitidas já será muito importante. Para nós é um motivo de orgulho que os portistas gostem de hóquei e gostem de vir ao hóquei, por isso queremos fazer um bom trabalho para que eles continuem a vir.”

Fonte- FC Porto

6 Cabeleireiro de Homens