a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

1.ª D- Resumo do SC ...

quinta , Jan. 20 2022
14

Tiago Rodrigues- “Isto é ...

quinta , Jan. 20 2022
12

1.ª D- Resumo do ...

quinta , Jan. 20 2022
10

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61631

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
30156

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
24450

AP Alentejo - Carlos ...

quarta , Nov. 23 2016
1416

TP: Jogo completo 1/8 ...

quarta , Abr. 05 2017
1660

1.ª Divisão- Resumo do ...

terça , Out. 26 2021
113

3 Cabeleireiro Inicial

Terronia

parede paco arcos david 1

O CD Paço Arcos foi ao “Fernando Lopes Graça” vencer o Parede FC por 3-5 somando o seu primeiro triunfo fora de portas.
Num dérbi da linha entre dois históricos de Lisboa a equipa treinada por André luís foi a que melhor se adaptou às circunstâncias e conseguiu somar três preciosos pontos na luta pela manutenção.
Jogo dividido com o Paço Arcos a chegarão 0-2 aos 18 minutos (golos de Pedro Vaz e Ricardo Barreiros. O Parede já à entrada do ultimo minuto reduziria por Ricardo Rocha.
Com o Parede a vir para a etapa complementar à procura do empate é no entanto o Paço Arcos que se adianta no marcador por João Sardo logo aos tres minutos. André Gaspar aos seis minutos reduz para 2-3 na marcação de um LD (10.ª falta do CDPA) mas dois minutos depois André Ferreira faz o 2-4, mantendo assim a diferença de dois golos no placar.
O Parede procurou de várias formas mudar o rumo dos acontecimentos, mas a encontrar um Paço Arcos atento em termos defensivos e a procurar, sempre que possível perigar a baliza adversária. O que aconteceu emsmo aos 18 minutos com Filipe Fernandes a fazer o 2-5. Seria André Gaspar já no minuto final do tempo regulamentar a fazer o 3-5 que fechou a contagem no marcador deste encontro.
Um triunfo importante nas contas do Paço Arcos que na próxima jornada, que se joga já sábado, a receber o SL Benfica. O Parede FC por sua vez tem também tarefa difícil, já que se desloca ao “João Rocha” onde terá pela frente o campeão nacional em título, o Sporting CP.

Foto- David Veiga/ www.hoqueipatins.pt