a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

1.ª Divisão- Resumo do ...

terça , Out. 26 2021
17

Ezequiel Mena- “É ...

terça , Out. 26 2021
9

Supertaça Feminina- ...

terça , Out. 26 2021
10

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61160

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
29456

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
23789

1.ª Div: SL Benfica e CS ...

sexta , Abr. 29 2016
1474

OC Barcelos derrota HC ...

sábado , Nov. 28 2020
403

DGS levanta restrições à ...

quinta , Set. 30 2021
324

05 Barbeiro Completo 500h

paco arcos oliveirense tv 1 gr

O Paço Arcos empatou a duas bolas frente à Oliveirense, em jogo que contou para a 2.ª jornada do nacional da 1.ª divisão, partida que se disputou no “Casablanca” que duas épocas depois volta a receber os “maiores” no seu recinto.
Uma partida onde a equipa forasteira entrava como clara favorita mas a não ter a arte nem o engenho de conseguir “vergar” a formação treinada por André Luís.
Não poderia ter começado melhor para o CDPA que ainda no decorrer do primeiro minuto inaugurou o marcador por Bruno Frade, de GP. A Oliveirense reagiu e Marc Torra teve a oportunidade de empatar mas a desperdiçar um LD após um Azul mostrado a Pedro Vaz, corria então o minuto 10.
Quem não falhou foi Filipe Fernandes que no minuto seguinte e na sequência de uma GP aumentou para 2-0, criando ainda mais surpresa na partida.
Seria Lucas Martinez, que nos minutos finais do primeiro tempo chegaria ao empate ao bisar. Aos 19 minutos reduziu para 2-1 e aos 22 minutos fez o empate, de LD após Azul mostrado a Filipe Fernandes. João Sardo logo a seguir poderia mesmo ter colocado a equipa da casa novamente em vantagem, mas não conseguiu desfeitear Diogo Fernandes, aquando da marcação de um LD na sequência de um Azul mostrado a “Xavi” Cardoso.
Uma segunda parte que prometia com a Oliveirense a procurar ganhar o jogo mas a encontrar um “Matraco” inspirado que negou por três vezes, de bola parada o golo à formação de Paulo Pereira.
Um empate que penaliza a ineficácia atacante da equipa de Oliveira de Azeméis, mas premeia, em simultâneo a abnegação e raça que a equipa da linha pôs em rinque nos cinquenta minutos de jogo.
Na próxima jornada o CD Paço Arcos viaja até Tomar com a Oliveirense a receber no “Salvador Machado” o Sporting CP, partida que dominará as atenções da terceira ronda da prova.

03 Massagem Desportiva 50h Pluriform

Foto- www.hoqueipatins.pt