a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Ezequiel Mena- “Os três ...

terça , Nov. 30 2021
9

João Souto- “Estamos ...

terça , Nov. 30 2021
9

2.ª Sul- Candelária não ...

terça , Nov. 30 2021
9

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61481

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
29966

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
24238

Edo Boch pode apanhar 20 ...

sábado , Set. 06 2014
3996

2.ª D- Grândola mais ...

terça , Nov. 27 2018
1025

Resumo FF Camp. Nac. ...

sexta , Abr. 27 2018
1036

5 Barbeiro Completo

Terronia

fcpimagojogo

Novo formato deixa dragões de fora da prova e a reação surge sob a forma de duras críticas.

O Comité Europeu de Hóquei em Patins oficializou o modelo competitivo da Taça Continental, que não será disputada em final-four, com os finalistas da Liga Europeia e Taça WSE, devido à pandemia.

Tal como O JOGO tinha escrito em tempo oportuno, Sporting, campeão europeu, e Lleida, detentor da Taça WSE, medem forças, em Lleida, numa final única, a 18 de setembro. Ora, esta alteração motivou uma dura crítica do FC Porto, que endereçou um email aos diversos organismos que tutelam o hóquei em patins a nível mundial e europeu.

Com a alteração do modelo competitivo da prova, o FC Porto ficou de fora da mesma, tal como o H. Sarzana, e assumiu ter ficado "perplexo" com o desenrolar dos acontecimentos em relação à decisão final sobre o formato.

"Na sequência da receção do Comunicado 02/2021-2022, de 19 de agosto, do WS Europe Rink-Hockey - Chairman, o FC Porto vem junto de V. Exas. manifestar a sua mais profunda indignação pela decisão da realização da Taça Continental, nos moldes aí dados a conhecer, entre o Sporting Clube de Portugal e o Club Esportiu Lleida, vencedores, respetivamente, da Euroleague e da WS Europe Cup", começam por assinalar os dragões, antes de detalharem os desenvolvimentos.

"Com efeito, o Comunicado 62/2020-21, de 4 de julho, do WS Europe Rink Hockey - Chairman, abriu candidatura para a realização desta competição nos moldes regulamentares em vigor, isto é, a ser disputada em sistema de play-off pelos finalistas da Euroleague 2021 (Sporting CP, vencedor, e FC Porto, finalista vencido) e pelos finalistas da WS Europe Cup 2021 (Club Esportiu Lleida, vencedor, e H. Sarzana, finalista vencido). Mais tarde, em 7 de agosto, através do Comunicado 01/2021-2022, do mesmo WS Europe Rink-Hockey - Chairman, foi dada a conhecer a decisão da anulação da Continental Cup, por ausência de candidaturas à sua organização", acrescenta o clube azul e branco, manifestando-se surpreendido com a decisão final, que qualifica como "incompreensível e inaceitável", depois de não terem sido consultados sobre a alteração de modelo da Taça Continental.

"Qual não é a nossa perplexidade e revolta quando, passados estes dias em completo desconhecimento do que se passava no silêncio dos gabinetes, somos surpreendidos pela divulgação pública e oficial da realização da prova, alterando os regulamentos da mesma, sem que tenha havido a mínima preocupação de auscultar a opinião dos outros dois clubes (FC Porto e H. Sarzana), com direito desportivo e regulamentar a nela participar. O FC Porto considera esta decisão incompreensível e inaceitável, impossível de acontecer em qualquer outra modalidade desportiva, que descredibiliza a patinagem, concretamente o hóquei em patins, e quem a dirige a nível europeu", remata o FC Porto.

Leia o email enviado pelo FC Porto aos organismos que tutelam o hóquei em patins a nível europeu e mundial:

"Na sequência da receção do Comunicado 02/2021-2022, de 19 de agosto, do WS Europe Rink-Hockey - Chairman, o FC Porto vem junto de V. Exas. manifestar a sua mais profunda indignação pela decisão da realização da Taça Continental, nos moldes aí dados a conhecer, entre o Sporting Clube de Portugal e o Club Esportiu Lleida, vencedores, respetivamente, da Euroleague e da WS Europe Cup.

Com efeito, o Comunicado 62/2020-21, de 4 de julho, do WS Europe Rink Hockey - Chairman, abriu candidatura para a realização desta competição nos moldes regulamentares em vigor, isto é, a ser disputada em sistema de play-off pelos finalistas da Euroleague 2021 (Sporting CP, vencedor, e FC Porto, finalista vencido) e pelos finalistas da WS Europe Cup 2021 (Club Esportiu Lleida, vencedor, e H. Sarzana, finalista vencido).

Mais tarde, em 7 de agosto, através do Comunicado 01/2021-2022, do mesmo WS Europe Rink-Hockey - Chairman, foi dada a conhecer a decisão da anulação da Continental Cup, por ausência de candidaturas à sua organização.

Qual não é a nossa perplexidade e revolta quando, passados estes dias em completo desconhecimento do que se passava no silêncio dos gabinetes, somos surpreendidos pela divulgação pública e oficial da realização da prova, alterando os regulamentos da mesma, sem que tenha havido a mínima preocupação de auscultar a opinião dos outros dois clubes (FC Porto e H. Sarzana), com direito desportivo e regulamentar a nela participar.

Fonte- Jornal “O Jogo” * Foto- Ivan Del Val/Global Imagens

06 Esteticista Inicial