a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

2.ª- Sul- Parede abanou ...

sexta , Jun. 11 2021
154

Nery assina pelo Riba ...

sexta , Jun. 11 2021
523

2.ª Sul- Paços Arcos ...

sexta , Jun. 11 2021
169

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
60350

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
28373

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22728

Comunicado Conjunto das ...

sexta , maio 29 2020
460

Árbitros estragam jogo ...

domingo , Abr. 01 2018
1157

2º Torneio ...

segunda , Abr. 23 2018
786

10

 jl10279

Paulo Freitas, treinador da equipa principal de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal, esteve, na tarde desta sexta-feira, no Luso para a conferência de imprensa de antevisão da final four da Liga Europeia da modalidade. O técnico dos Leões começou por elogiar os adversários SL Benfica, UD Oliveirense e FC Porto, com especial destaque para as águias, adversárias na meia-final (Luso, sábado, 21h00). Contudo, o Sporting CP tem as suas armas.

"Entramos com expectativas elevadas nesta competição percebendo a maior dificuldade da mesma. Os opositores que aqui estão são grandes opositores, todos com qualidade e capacidade para poderem chegar ao título. Temos um objectivo intermédio, que é o objectivo de ganhar amanhã e estar presente na final. Teremos pela frente um adversário muito forte que nos vai causar problemas em todos os momentos do jogo, mas percebemos que temos qualidade, que temos uma enorme convicção, que temos um enorme carácter, que temos coragem e que vamos à procura da nossa oportunidade", começou por dizer aos jornalistas, acompanhado dos treinadores Alejandro Domínguez (SL Benfica), Paulo Pereira (UD Oliveirense) e Guillem Cabestany (FC Porto).

Depois de assegurar que o facto de o Sporting CP ser o actual detentor do troféu "não representa rigorosamente nada" para esta fase da competição, Paulo Freitas comentou a inédita final four 100% portuguesa.

"Enquanto português, é um orgulho muito grande perceber que são quatro equipas portuguesas que estão presentes nesta final four. (...) Há, obviamente, um conhecimento profundo relativamente a cada uma das equipas. Conhecemos bem os opositores, mas o inverso também é verdadeiro e eles conhecem-nos muito bem. O importante, amanhã, é trazermos tudo o que temos, o nosso foco total e a nossa melhor versão para podermos seguir em frente", frisou.

Sobre a forma do Sporting CP, o treinador explicou que tem a equipa no pico das suas capacidades. "O Sporting CP apresenta-se na sua máxima força, claramente, quer do ponto de vista físico como mental. Só nos podíamos apresentar dessa forma perante uma oportunidade de, mais uma vez, estarmos presentes numa final", afirmou.

Por fim, Paulo Freitas admitiu que "não é fácil surpreender" adversários que se conhecem bem, até porque Alejandro Domínguez, treinador do SL Benfica, "também é muito competente e, por vezes, adivinha algumas coisas". É necessário, por isso, inovar. "Temos de estar sempre preparados para trazer coisas novas e diferentes ao jogo. Temos de preparar este jogo e esta competição com muita tranquilidade e com a confiança no limite. Não temos outra forma de preparar esta competição", concluiu.

FC Porto e UD Oliveirense encontram-se às 17h00 de sábado, enquanto o Sporting CP defronta o SL Benfica às 21h00. A final da Liga Europeia está marcada para as 17h30 de domingo, sendo que todos os jogos vão ter lugar no Pavilhão Gimnodesportivo Municipal de Luso.

Fonte/Foto- Sporting CP

barbeiro cartaz