a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

2.ª- Sul- Parede abanou ...

sexta , Jun. 11 2021
152

Nery assina pelo Riba ...

sexta , Jun. 11 2021
519

2.ª Sul- Paços Arcos ...

sexta , Jun. 11 2021
169

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
60350

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
28373

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22728

Resumo 1.ª Div. 18.ª ...

terça , Mar. 06 2018
1041

CMSub20: Chile vence ...

segunda , Set. 21 2015
1416

Convocatória Seleção ...

segunda , Jan. 22 2018
1180

10

udoslb
O Benfica venceu a Oliveirense por 1-6 e vai decidir o acesso às meias-finais do play-off do Nacional de hóquei em patins na Luz.

O Benfica foi vencer, neste sábado, ao terreno da Oliveirense, por 1-6, e empatou a eliminatória (1-1) dos quartos de final do play-off do Campeonato Nacional de hóquei em patins masculino. A decisão vai ser agora disputada no Pavilhão Fidelidade, no próximo dia 5…
Era a grande – e única! – oportunidade de se manter em competição… E não a desperdiçou. Depois de ter perdido (1-2) na Luz, o Benfica visitou a Oliveirense numa partida recheada de argumentos para se assistir a um grande jogo de hóquei em patins… E assim foi. Num encontro decisivo, onde em caso de derrota ficava automaticamente afastada das contas do título, a formação de Alejandro Domínguez adiou a decisão para o terceiro e último jogo (5 de maio, às 19h00 no Pavilhão Fidelidade).

Sem Miguel Vieira – operado a uma apendicite aguda –, entrou bem o Benfica, perante uma Oliveirense com grandes dificuldades em criar soluções no último terço do campo e em chegar à baliza do Pedro Henriques. O Benfica – com um golo madrugador de Lucas Ordoñez (assistência de Carlos Nicolía), após uma oportunidade claríssima aos 20 segundos de jogo, através de um livre-direto – permaneceu calmo e sereno, causando mais perigo junto da baliza de Nélson Magalhães.

Ainda antes do intervalo, registo de uma grande penalidade a favor dos encarnados, batida por Diogo Rafael, mas estava atento o guarda-redes da Oliveirense. A vantagem, ainda que pela margem mínima, manter-se-ia até ao final do primeiro tempo (0-1).

No segundo tempo, o conjunto de Oliveira de Azeméis dispôs de uma grande penalidade, mas, no frente a frente com Lucas Martinez, Pedro Henriques levou a melhor.

O Benfica não abrandou, reagiu ao "susto", respondeu e dilatou o marcador através de Sergi Aragonés (37') e Carlos Nicolía (39'). Valter Neves (44') aumentou as contas para um confortável 0-4, enquanto Danilo Rampulla fez os encarnados chegaram à meia dezena de golos (0-5).

A Oliveirense ainda reduziu por Franco Ferruccio (47’), só que logo de seguida Carlos Nicolía bisava na partida, fechando as contas em 1-6.

Fonte- SL Benfica * Foto-SL Benfica (Arquivo)

barbeiro cartaz