a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Valter Neves- “Temos de ...

sexta , Abr. 09 2021
9

Paulo Freitas- “A ...

sexta , Abr. 09 2021
35

Leões entram com o patim ...

sexta , Abr. 09 2021
57

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
60144

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
28098

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22468

Tó Neves: "Temos de ser ...

terça , Out. 24 2017
1754

Diogo Rafael- “Queremos ...

terça , Fev. 18 2020
523

João Santos renovou com ...

quinta , Jun. 22 2017
1445

3 Massagista Essencial 2

151797098 4074421195921687 1634916951486599337 o

A Sanjoanense empatou a 5 bolas frente ao Famalicense, numa partida onde o conjunto de Vítor Pereira esteve a vencer por 4-1, permitindo a recuperação da formação minhota, com a divisão de pontos a acontecer no final da partida.
A Sanjoanense adiantou-se no marcador aos sete minutos por Pedro Cerqueira de GP. O Famalicense, também de bola parada chegou ao empate por intermédio de Juan Lopez.
A Sanjoanense responderia pouco depois, primeiro por Tiago Almeida (aos 15 minutos) e por Hugo Santos aos 17 minutos, colocavam o placar em 3-1. Ainda antes do intervalo Tiago Almeida bisava na partida com as equipas a recolherem para o merecido descanso com o marcador a registar 4-1.
Entrou melhor para a etapa complementar o Famalicense que aos 3 minutos reduziu por Juan Lopez de LD após um Azul mostrado a Tiago Almeida. Embalada a formação minhota chegou ao empate em apenas um minuto. Hugo Costa fez o 4-3, corria o minuto sete e no minuto seguinte foi Pedro Mendes a fazer o empate a 4 bolas.
Numa fase frenética da partida a Sanjoanense voltou a ganhar vantagem aos 8 minutos quando Hugo Santos fez o 5-4.
Seria o capitão do Famalicense, em jogada individual a repor a igualdade, desta feita a 5 bolas.
A Sanjoanense dispôs de uma GP, aos 22 minutos, que lhe poderia ter dado vantagem no marcador mas Hugo Santos permitiu a defesa a João Peixoto com o resultado a não se alterar até final.
Uma divisão de pontos que não agradou a “gregos nem troianos” mas que acabou por ser o mal menor no final do encontro. Uma Sanjoanense “distraída” quando parecia ter o “pássaro na mão” saiu penalizada frente a um Famalicense que não baixou os braços nos momentos mais complicados e teve o prémio de sair desta jornada com um ponto no bornal.

Foto- AD Sanjoanense/ António Anacleto

3 Maquilhagem