a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

1.ª D- Resumo AD ...

terça , Dez. 07 2021
14

Pedro Henriques- “Espero ...

terça , Dez. 07 2021
15

FPP- Formação: Ética no ...

terça , Dez. 07 2021
14

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61512

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
29999

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
24283

Hóquei NO Feminino- ...

terça , maio 17 2016
1502

CN 3.ª D- Santa Cita ...

terça , Out. 02 2018
927

CN Norte Sub13: 3.ª ...

terça , Mar. 01 2016
1672

5 Barbeiro Completo

Terronia

image

No jogo grande da 20ª jornada do nacional da primeira divisão, o pavilhão João Rocha recebeu o clássico entre o Sporting CP e o OC Barcelos.

O triunfo pertenceu ao Sporting CP por 4-2, que na primeira volta tinha ganho no Minho desta feita por 3-2.

Os minhotos tal como aconteceu no jogo com o FC Porto, sentiram-se condicionados pelo trabalho dos árbitros, tal como demonstram os quatro cartões azuis.

O resultado de 4-2 foi feito na primeira parte, já que na segunda parte apesar das varias oportunidades criadas pelas duas equipas, os golos ficaram no balneário.

Com um cinco inicial diferente do habitual, a turma de Rui Neto foi a primeira a marcar aos 5' por Joca Guimarães. Uma vantagem que durou poucos segundos, porque na resposta Gonzalo Romero empatou.

Depois de Pedro Gil e Gonzalo Romero terem falhado cada uma grande penalidade, Toni Perez aos 15' colocou o Sporting a vencer por 2-1.

O OC Barcelos mostrou porque é o lider da prova e Miguel Rocha a passe de Dario Gimenez aos 20' fez a igualdade.

Os minhotos podiam ter passado para a frente do marcador, mas Dario Gimenez aos 22' permitiu a defesa de Angelo Girão a um livre direto.

Os últimos minutos foram vividos com muita intensidade, situação que originou bastantes protestos do OC Barcelos em relação à arbitragem, acabando por ser penalizado com três cartões azuis.

A vantagem numérica dentro da pista permitiu que o Sporting CP elevar para 4-2 por Ferran Font de livre direto e Toni Perez.

Pelo meio Reinaldo Ventura não foi feliz ao falhar uma grande penalidade, após defesa do guarda redes Ângelo Girão.

Na segunda parte mais calma, foi o OC Barcelos a ter a grande oportunidade de marcar, mas Dario Gimenez aos 11' voltou a não ser feliz ao falhar um livre direto pela décima falta do Sporting CP.

O jogador minhoto, aos 14' sofreu falta para grande penalidade, tendo sido chamado para a marcação, Tomás Pereira que voltou a não aproveitar para reduzir o marcador.

Em maré de fraca pontaria, o OC Barcelos voltou a desperdiçar aos 15' uma grande penalidade, desta vez por Luís Querido.

Aos 17' o OC Barcelos cometeu a décima falta, tendo Ferran Font desperdiçado ao rematar ao poste da baliza de Conti Acevedo.

Com este resultado o OC Barcelos continua em primeiro lugar com quarenta e cinco pontos, posição que pode perder, caso este sábado o FC Porto vença em Viana do Castelo. Em relação ao Sporting CP passou a somar trinta e seis pontos no quarto lugar.

Para a próxima ronda, o OC Barcelos recebe o Riba d'Ave e o Sporting CP desloca-se ao FC Porto.

Foto: Jornal O Jogo