a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

HC Fão abdica de ...

terça , Abr. 13 2021
66

CNF- Leoas aplicam ...

segunda , Abr. 12 2021
83

LE- Resumo SL Benfica- ...

segunda , Abr. 12 2021
121

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
60156

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
28136

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22494

Final4 da Taça de Aveiro ...

terça , Mar. 29 2016
1413

Jorge Vieira regressa à ...

quarta , Jul. 20 2016
2324

2.ª Div. Norte: Riba ...

segunda , Jan. 11 2016
1351

3 Massagista Essencial 2

porto barcelos sara 1 gr

O FC Porto recebeu esta tarde de sábado no “Dragão Arena” o atual líder, o O C Barcelos e venceu por 8-6 com Gonçalo Alves a estar a em plano de destaque ao fazer um “póquer” neste encontro e a ser um dos grandes responsáveis pela segunda derrota da formação minhota.
Uma grande partida de hóquei entre duas das candidatas ao ceptro nacional e que nos cinquenta minutos de jogo mostraram de forma clara que estão focadas em conquistar o troféu mais apetecido.
Uma entrada forte do FC Porto que lhe renderia 2 golos. Gonçalo Alves de LD fez o 1-0 decorria o minuto 11 e poucos segundos depois a elevar para 2-0 por Di Benedetto.
O Barcelos reagiu e pouco depois Reinaldo Ventura reduziu para 2-1. Fase então de equilíbrio mas seria o Porto a fazer o 3-1 por Gonçalo Alves de GP, mas ainda antes do intervalo “Joca” Guimarães a reduzir para 3-2.
O FC Porto não podia pedir melhor recomeço já que nos segundos iniciais da etapa complementar fez o 4-2 por Gonçalo Alves.
Mas a equipa portista nem teve tempo para festejar já que o Barcelos na resposta reduziu para 4-3 por Reinaldo Ventura.
O Barcelos motivou-se e foi neste período a equipa mais perigosa perante um FC Porto a mostrar dificuldades em travar os ataques minhotos. Esse ascendente acabaria por render mais um golo, o do empate apontado por Luís Querido, corria então o minuto 9.
Tudo em aberto numa fase de parada e resposta e no minuto seguinte é “Rafa” que coloca novamente o FC Porto em vantagem ao fazer o 5-4, mas mais uma vez a formação de Rui Neto a não se encolher e a chegar ao empate por Tomás Pereira, estavam decorridos 11 minutos de jogo.
A intensidade manteve-se com as duas equipas a procurarem ganhar vantagem. É então que aparece Reinaldo Garcia que num minuto (ao 19.º minuto) faz dois golos, colocando o placard em 7-5.
Aos 20 minutos o Barcelos dispõem de um LD, mas incompreensivelmente o árbitro que estava a acompanhar o lance considera que Dário Gimenez fez simulação, e no minuto seguinte é o FC Porto que aumenta para 8-5 pelo invariável Gonçalo Alves.
Reinaldo Ventura, de LD ainda reduziu para 8-6 mas a vitória já não fugiria ao FC Porto que com este triunfo fica a apenas um ponto do Barcelos e com menos um jogo realizado.

Foto- Sara Ferreira/ www.hoqueipatins.pt 

4 Manicure Pedicure