a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Pedro Henriques- “Voltar ...

sexta , Jan. 15 2021
0

“Poka”- “Sabemos o que ...

sexta , Jan. 15 2021
2

Nomeações de 16 a 20 de ...

sexta , Jan. 15 2021
26

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
59886

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27828

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22189

Barcelos canta de Galo

quarta , Nov. 20 2019
614

TN- Sub- 20- Zona Sul- ...

terça , maio 24 2016
1560

Taça Latina- “Ursos” sem ...

sexta , Mar. 25 2016
1659

janeiro Pluriform 2

128840939 1051275485353634 4054813569877262780 n

No jogo grande da 12ª jornada, a UD Oliveirense recebeu o OC Barcelos, com a turma minhota a quebrar a tradição de não vencer em Oliveira de Azeméis desde o dia 25 de abril de 2007.

Os barcelenses venceram por expressivos 7-4, passando a somar vinte e seis pontos, enquanto que a UD Oliveirense manteve os vinte e quatro.

A expetativa gerada em torno da partida começou com um bis de Reinaldo Ventura a dar uma preciosa vantagem aos minhotos ainda dentro dos primeiros oito minutos.

O conjunto orientado pelo antigo treinador do OC Barcelos, Paulo Pereira, reagiu e aos 11' encurtou por Henrique Magalhães.

Aos 21' o OC Barcelos voltou a marcar e com enorme classe por Dario Gimenez na transformação de um livre direto a punir cartão azul a Vítor Hugo.

Ainda na primeira parte o guarda redes do OC Barcelos foi determinante ao defender um livre direto de Lucas Martinez, mas aos 24' não conseguiu levar a melhor numa grande penalidade de Marc Torra, que assim estabeleceu o 2-3 ao intervalo.


No segundo tempo, uma vez mais o OC Barcelos foi eficaz e de excelente recorte técnico com Dario Gimenez de livre direto a colocar o 4-2 a favor dos minhotos.

A UD Oliveirense a perder, pressionou e depois de Mar Torra ter permitido a defesa de Conti a uma grande penalidade, o mesmo jogador fez o 3-4 aos 9'.

Na resposta o OC Barcelos, com menos um jogador aumentou para 5-3 por Miguel Rocha segundos depois de Dario Gimenez ter falhado um livre direto.

Aproveitando o bom jogo ofensivo dos minhotos, Joca Guimarães aos 13' num remate cruzado aumentou para 6-3.

Em lance de bola parada a UD Oliveirense por Marc Toora num livre direto a punir a decima falta dos barcelenses reduziu para 6-4.

Ate ao fim a UD Oliveirense procurou atenuar o marcador mas o encontro ficou marcado pelos vários cartões azuis e um vermelho mostrado a Jordi Bargallò.

Nesse periodo o OC Barcelos fez o resultado final de 7-4 por Joca Guimarães e Marc Torra voltou a ver brilha Conti Acevedo num livre direto.

Para a próxima ronda, a ultima da primeira volta, o OC Barcelos recebe o Benfica e a UD Oliveirense defronta o FC Porto.