a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Alejandro Domínguez- ...

sexta , Dez. 04 2020
63

Girão- “Vamos ter de nos ...

sexta , Dez. 04 2020
201

FPP- Nomeações para o ...

sexta , Dez. 04 2020
91

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
59660

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27603

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
21985

Keven Correia em Valença

sábado , Ago. 04 2018
1196

Tomás Castanheira: ...

quarta , Jan. 20 2016
1144

Guillem Pérez - "Nunca ...

quinta , Nov. 10 2016
990

calendario Pluriform 4

122720933 3751432414887235 8161622897742899911 o

A Oliveirense recebeu no “Dr. Salvador Machado” a Sanjoanense e venceu por 4-3, num jogo onde teve que apelar ao seu melhor para levar de vencida a equipa de Vítor Pereira.
Um dérbi, e como tal sempre com a incerteza no resultado, em jogos onde a rivalidade se sobrepõem à qualidade dos planteis em rinque.
E mais uma vez isso foi posta à prova. A Oliveirense com um plantel recheado de internacionais de várias nacionalidades teve pela frente uma Sanjoanense de outro campeonato mas que nestes cinquenta minutos de jogo bateu-se taco a taco com a armada de Oliveira de Azeméis e só na segunda metade claudicou.

Lucas Martinez com um hat trick foi o MVP deste jogo, com o internacional argentino a inaugurar o marcador aos 10 minutos. A Sanjoanense respondeu ao minuto 14 com dois golos de rajada (apontados por Pedro Cerqueira e Tiago Almeida) colocando-se na frente do marcador. Seria Lucas Martinez a repor a igualdade a duas bolas, pouco depois, mas a sagacidade dos alvinegros era grande e já no decorrer do ultimo minuto da etapa inicial voltou a adiantar-se no marcador por Pedro Cerqueira.
A equipa da casa entrou para a etapa complementar ciente que teria que fazer mais alguma coisa e foi mais uma vez Martinez a fazer o gosto ao stick e a voltar a empatar a partida, desta feita a três bolas, estavam então decorridos 5 minutos deste período.
Marc Torra aos 10 minutos confirmou a remontada da Oliveirense, fazendo o 4-3, resultado que se manteria até ao final do encontro, pese o esforço da Sanjoanense em chegar ao empate.
A Oliveirense depois da derrota em Tomar a voltar aos triunfos mas a ter que vestir o fato macaco perante uma Sanjoanense que não deu tréguas até ao ultimo segundo do jogo.
Na próxima ronda a Oliveirense desloca-se a Almeirim onde defrontará o HC “Os Tigres”, com a Sanjoanense a receber no seu recinto o SL Benfica.

Foto- António Anacleto

Pluriform Barbeiro