a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Protocolo do Sistema de ...

quinta , Ago. 11 2022
32

Calendário da Elite Cup ...

quinta , Ago. 11 2022
54

WSE Continental Cup será ...

quarta , Ago. 10 2022
45

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62206

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31075

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25216

TP: FC Porto 8-3 ...

segunda , Mar. 20 2017
1546

2.ª D- Sul – Derrota da ...

segunda , Fev. 06 2017
2107

Oliveirense quase é ...

sábado , Nov. 14 2020
569

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

udv murches

O Vilafranquense recebeu no sábado no “José Mário Cerejo” o GRF Murches, mas não foi desta que o conjunto de João Graça conseguiu os primeiros pontos na prova, muito por culpa da formação que viajou de Cascais e que nos cinquenta minutos de jogo mostrou-se quase sempre superior e venceu por claros 8-2.
Depois de um período inicial onde o equilíbrio entre os dois conjuntos foi notório, o golo de Ricardo Lopes aos 14 minutos foi o tónico para uma parte final do primeiro tempo de maior assédio atacante do Murches que marcou por mais quatro vezes (Tomás Cardoso, Simão Lage (2) e Facundo Ortiz) com as equipa saírem para o intervalo com um resultado tranquilo para a equipa visitante que ganhava por 0-5.
O Vilafranquense reduziu ao inicio da etapa complementar por João Oliveira, e depois do mesmo jogador ter desperdiçado um LD, Tomás Cardoso elevou para 6-1. Dário Lourenço ainda reduziu mas até final mais dois golos para o Murches da autoria de Facundo Ruiz e Ricardo Lopes.
Um triunfo sem contestação do Murches que nos cinquenta minutos de jogo mostrou mais argumentos em termos individuais e coletivos frente a um Vilafranquense a procurar encontrar o seu rumo neste regresso à 2.ª divisão.
Na próxima jornada o Vilafranquense desloca-se a Valado dos Frades onde defrontará o BIR com o Murches a receber no seu Pavilhão um dos atuais líderes, o Parede FC.

Foto- David Veiga / www.hoqueipatins.pt 

Pluriform Cabeleireiro