a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

CNF- Zona Sul- Turquel ...

quinta , Out. 06 2022
15

CNF- Zona Centro- ...

quinta , Out. 06 2022
7

Liga Placard- Resumo GRF ...

quinta , Out. 06 2022
19

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62510

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31376

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25404

Forte dei Marmi vence ...

quarta , maio 27 2015
1745

2.ª Div. Norte: CD ...

domingo , maio 10 2015
1968

Cabestany- “Foi uma ...

domingo , Jan. 19 2020
1211

1 9 Cabeleireiro unissexo 3 Outubro

120454296 201140264773497 8106954235373105640 o

O Candelária SC recebeu e venceu este sábado o Murches por 2-1, com o golo que ditou o triunfo dos açorianos a surgir já no minuto final do encontro.
Um jogo que teve a presença de público, o primeiro na modalidade desde o início da pandemia, o que trouxe, também um colorido diferente a este encontro.
O Candelária entrou mais forte, perante um Murches a mostrar demasiado respeito ao conjunto do Pico, situação que foi aproveitada pela equipa de Tiago Resende para inaugurar o marcador aos 17 minutos por Tiago Resende.
Só aí a equipa do Murches saiu da letargia e até ao intervalo conseguiu equilibrar a contenda.
Uma segunda parte diferente com um Murches mais desinibido e a procurar chegar ao empate, valendo então a excelente exibição de Diogo Alves que foi negando o golo aos continentais.
Depois de “Dioguinho” ter defendido duas bolas paradas, o golo do empate chegou à entrada do ultimo minuto, apontado por Tomás Cardoso. No entanto a resposta dos insulares foi cruel com João Candeias, nos segundos finais a fazer o 2-1 na transformação de uma GP.
Resultado que se aceita num jogo onde o Murches dificultou ao máximo a estratégia do Candelária que acabou por ter na sua eficácia a chave deste triunfo.

Foto- Candelária SC

Pluriform Threading