a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Miguel Fortunato- ...

sexta , Abr. 03 2020
217

Reinaldo Ventura à ...

sexta , Abr. 03 2020
109

Reunião FPP e Clubes da ...

quinta , Abr. 02 2020
76

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
58459

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
26345

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20975

HCP Grândola no GOLDEN ...

domingo , Ago. 27 2017
756

3.ª D- Académica vence ...

segunda , Dez. 22 2014
1484

TP- Na Embra manda o ...

domingo , Jan. 17 2016
1130

interiorespluri unhas J

Alenquer Benfica1 New

O SL Benfica deslocou-se a Alenquer onde no Pavilhão “Zeca Carmo e João Lota” defrontou o S Alenquer B em jogo a contar para os 16 Avos de Final da Taça de Portugal com as águias a vencerem por 9-1 e a seguirem assim em frente na prova.
Com casa cheia, João Mendes destacou-se com importantes intervenções na baliza do Sport Alenquer e Benfica. O guarda-redes adiou o primeiro golo do SL Benfica, que foi apontado por Lucas Ordoñez aos 12', concluindo da melhor maneira, à boca da baliza, uma excelente jogada de Diogo Rafael na direita (0-1).
O mesmo Ordoñez elevou para 0-2 aos 17', aproveitando na área o endosso de Nicolía, que patinara pelo lado direito do rinque. Diogo Rafael, aos 20', iniciou e concluiu o desenho da jogada do 0-3, na qual Albert Casanovas também teve papel relevante na assistência.
Antes do intervalo, Pedro Henriques mostrou classe na baliza das águias, parando um penálti executado por Marinho.
Atrevido e a dar tudo no começo do segundo tempo, o Sport Alenquer e Benfica encurtou a diferença no resultado aos 31'. Francisco Contins stickou de longa distância e ficou a impressão de que Preto terá desviado subtilmente a trajetória do esférico em cima da baliza protegida por Pedro Henriques (1-3).
O Benfica repôs o desnível aos 33' numa exemplar finalização de Diogo Rafael, pelo buraco da agulha, depois de assistência de Lucas Ordoñez (1-4).
Dando maior expressão ao acerto no remate, Diogo Rafael aproveitou um livre direto para (à segunda stickada) faturar o 1-5 aos 40'. Edu Lamas rubricou o 1-6 pouco depois (41'), quando o adversário atuava em inferioridade numérica (duplo cartão azul a Pedro Lourenço).
Uma quebra na corrente elétrica deixou o pavilhão às escuras durante alguns minutos. Retomada a energia e reativada a iluminação artificial, o jogo foi reatado e o Benfica marcou o 1-7 por Diogo Rafael (42'), o 1-8 por Miguel Vieira (44') e o 1-9 por Albert Casanovas (50'). As águias apuraram-se para os oitavos de final da Taça de Portugal.

Fonte/Foto- SL Benfica

7Sabado