a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

É cada vez mais certo o ...

terça , Mar. 31 2020
20

FPP e Instituto ...

terça , Mar. 31 2020
61

“É o momento para voltar ...

terça , Mar. 31 2020
190

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
58450

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
26334

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20964

Barcelos canta de Galo

quarta , Nov. 20 2019
363

Jorge Silva- “É um jogo ...

sexta , Fev. 12 2016
1058

Lucas Ordoñez- “Venho ...

quinta , Jun. 21 2018
637

interiorespluri unhas J

82026630 1386194558207177 2884167214682865664 n

O OC Barcelos deslocou-se até Santa Cruz do Bispo-Matosinhos” para defrontar o lanterna vermelha da zona norte da 3.ª divisão, o HC Santa Cruz, num jogo sem história, ou melhor com os golos a contarem, de certa forma, a história do encontro.
Partida onde o favoritismo recaia na totalidade para a formação de Paulo Pereira e os 50 miutos do encontro acabaram por falar por si.
Ao intervalo a equipa minhota já vencia por 8-0 com a segunda metade a manter-se o mesmo registo, num jogo quase com sentido único.
Ferruccio (5), Alvarinho (3), Ziga Campos (1), Gonçalo Meira (2), Gonçalo Nunes (2) e Miguel Rocha foram os autores dos golos da formação que viajou de Barcelos, e que segue assim para os 16 avos de final da Taça de Portugal.
Nota de referencia neste jogo para Ricardo Silva, que regressou (embora com a camisola do OCB) ao Clube que o viu nascer para a modalidade, tendo sido homenageado antes do inicio do encontro.

Foto- Facebook do HC Santa Cruz

Domingo