a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

WS Europe Cup - HC Braga ...

domingo , Fev. 16 2020
6

WS Europe Cup- Barcelos ...

domingo , Fev. 16 2020
41

Oliveirense garante ...

domingo , Fev. 16 2020
52

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
58200

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
26096

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20773

Carlos Pires faz ...

terça , Abr. 14 2015
1465

Cândido Quintela e Diogo ...

sexta , Set. 01 2017
851

Bilhetes à venda para a ...

quinta , Set. 19 2019
315

interioresCabeleireiro ESS Q

ELA FCPorto

O FC Porto Fidelidade estreou-se com uma vitória na Taça de Portugal, ao derrotar, em Oliveira de Azeméis, a Escola Livre por 7-0. Os portistas avançam assim para os 16-avos de final, o adversário será conhecido no sorteio da próxima segunda-feira (13 de janeiro), que se vai realizar as 18h na sede da Federação de Patinagem de Portugal, em Lisboa.

A contagem começou cedo e logo no primeiro minuto da partida os Dragões inauguraram o marcador por intermédio de Rafa. Cinco minutos depois Giulio Cocco seguiu as pisadas do companheiro de equipa e aumentou a vantagem para 2-0. O terceiro dos Dragões apareceu pelo stick de Gonçalo Alves aos 13 minutos e aos 15 foi a vez de Andrés Zapata juntar o nome à lista de marcadores. Sem mais alterações no marcador os Dragões foram para o descanso a vencer por 4-0.

Na etapa complementar o FC Porto Fidelidade podia ter aumentado a vantagem logo aos cinco minutos, através de uma grande penalidade, no entanto Gonçalo Alves viu o experiente Domingos Pinho negar-lhe o golo. Aos 12 minutos Tiago Rodrigues manteve a baliza portista a zero, defendendo um livre direto de Vítor Vieira. O primeiro golo desta segunda parte só apareceu a cinco minutos do apito final, Poka de meia distância fez o 5-0 para os azuis e brancos, um golo que desbloqueou a falta de eficácia da segunda metade. A três minutos do final Giulio Cocco bizou e no minuto seguinte Poka fechou as contas do encontro em 7-0 favorável à formação orientada por Guillem Cabestany.

foto/fonte:FCPorto.pt