a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Cabestany- “esta é uma ...

sexta , Jan. 24 2020
70

Miguel Vieira- “jogar o ...

sexta , Jan. 24 2020
79

Raul Marín poderá estar ...

sexta , Jan. 24 2020
149

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
58056

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
25940

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20671

Hugo Azevedo- “Queremos ...

sexta , maio 31 2019
472

Sorteios da Taça de ...

terça , Fev. 07 2017
1060

Cabestany- " voltar a ...

quinta , Jun. 07 2018
585

interioresCabeleireiro ESS Q

78453340 823625708092750 6344890328079663104 n

O SC Marinhense mantem-se hirto e firme na liderança do campeonato nacional da 2.ª divisão norte. No passado sábado recebeu e goleou o GDC Fânzeres por 13-2, em jogo referente à 7.ª jornada, e onde o destaque vai para “Nico” Carmona, autor de 4 dos golos da formação da Cidade Vidreira.
A equipa do Marinhense entrava como favorita neste encontro frente ao lanterna vermelha e cedo começou a ficar claro a supremacia dos vidreiros perante um Fânzeres a ter dificuldades em segurar as investidas da equipa da casa.
Gonçalo Domingues abriu o activo aos 5 minutos, de LD após um Azul mostrado a Gil Vicente, golo este que acabou por ser o tónico para aquilo que viria a seguir. Entre os 9 e os 15 minutos, foi um “fartote” de golos para a equipa de Nuno Domingues. Seis golos numa cadência quase ao minuto. “Nico” Carmona fez o 2-0, Tomaz Korosec o 3-0, Gonçalo Domingues o 4-0, “Nico” Carmona fazia o 5-0 e o 6-0 a ser apontado por David Costa.
Este mesmo jogador quase de seguida faz falta para Azul e João Coelho, de LD reduz para 6-1. Mas a intensidade ofensiva dos vidreiros manteve-se e até ao intervalo “Nico” Carmona e Angel Vera colocaram o placard em 8-1, resultado que espelhada a diferença de andamento, ou melhor a assertividade do conjunto da Marinha Grande neste encontro.
Podia esperar-se um Marinhense mais calmo, e a poder querer gerir uma vantagem mais que confortável. Pode eventualmente ter baixado um pouco o ritmo, mas a “fome” de golos manteve-se.
Carlos Cantó, de GP aumentou para 9-1, a passagem do minuto cinco e dois minutos depois foi Tomas Korosek a fazer o 10-1.
Aos 11 minutos Korosek viu Azul e Eduardo Amorim, de LD não enjeitou a oportunidade de faturar, reduzindo então para 11-2.
Até final e perante um resultado “gordo”, os leões da Embra ainda assim não perderam a oportunidade de marcar, com Miguel Vicente a bisar no encontro e a colocar o placard em 13-2, com o Marinhense nesse período a desperdiçar ainda dois LD que a serem concretizados poderiam ter dado um resultado ainda mais desnivelado.
Triunfo sem mácula da equipa do SC Marinhense perante um adversário frágil e que não teve antidoto para travar as ações ofensivas da equipa da casa.
O Marinhense após esta jornada mantem a liderança isolada, com 21 pontos, mais 6 que o seu mais directo adversário, no caso o FC Porto “B”, apresentando o melhor ataque até ao momento com 54 golos marcados e a defesa menos batida, apenas 11 golos sofridos.
Na próxima jornada o SC Marinhense desloca-se ao “San Ciro” «, onde defrontará a AD Valongo “B”, num jogo onde deverá encontrar dificuldades acrescidas. O Fânzeres por sua vez jogará no seu recinto onde será anfitrião da Académica de Espinho.

Foto- SC Marinhense

Segunda Feira