a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Óquei de Barcelos viaja ...

sexta , Nov. 15 2019
61

FC Porto numa aventura ...

sexta , Nov. 15 2019
302

WS Europe Cup- Três ...

sexta , Nov. 15 2019
119

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
57581

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
25519

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20329

Valença recebe Viana

quarta , Dez. 27 2017
581

Liga Europeia: Vão ...

sexta , Mar. 06 2015
1399

"Acesso ao balneários ...

domingo , Fev. 11 2018
1605

interioresinteriores

mv1 4786

Paulo Freitas no final do jogo frente ao FC Porto era um técnico satisfeito com o resultado e com a exibição Leonina, elogiando a equipa que lidera: “Mais uma vitória do Sporting CP num clássico. Esta equipa tem uma capacidade ímpar e jogadores com muita qualidade. Todos eles abdicam do individual pelo colectivo. O resultado traz-nos uma satisfação grande, mas aquilo que fizeram em campo ainda mais. Esta equipa luta sempre pela vitória do início ao fim do jogo. (…) Não andamos em bicos de pés, mas não temos de andar escondidos”.
O técnico sportinguista falou ainda de Pedro Gil, dizendo que o jogador espanhol “está bem depois do susto” que pregou, e que o obrigou a sair de marca nos minutos iniciais do encontro, não tendo dúvidas: “Trocávamos a conquista dos pontos pela saúde do Pedro. A saúde para nós é o mais importante. Não sabemos por quanto tempo não poderemos contar com ele”.
Paulo Freitas aproveitou ainda para falar da arbitragem e da pressão que foi exercida ainda antes do encontro: “Nunca me preocupo com arbitragem, mas não gostei do trabalho. Fomos prejudicados mais uma vez. (…) Na antevisão, por exemplo, eu falei da minha equipa e da do FC Porto, o meu colega preferiu dizer que ia ser um jogo difícil para o FC Porto e para a arbitragem. Ou ironizou ou quis denegrir a imagem do Sporting CP e dos meus atletas”.

Fonte/Foto- Sporting CP

Domingo