a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Óquei de Barcelos viaja ...

sexta , Nov. 15 2019
59

FC Porto numa aventura ...

sexta , Nov. 15 2019
300

WS Europe Cup- Três ...

sexta , Nov. 15 2019
118

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
57581

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
25519

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20329

Gonçalo Coelho é o novo ...

segunda , Ago. 31 2015
906

Jordi Valverde deixa o ...

quarta , Jan. 31 2018
575

Cerimónia de abertura do ...

segunda , Out. 06 2014
2406

interioresinteriores

nlo

O SC Tomar recebe este sábado no Pavilhão “Cidade de Tomar” a AD oeiras, em jogo referente à 4.ª jornada do nacional da 2.ª divisão, naquela que é a partida mais mediática desta ronda da zona sul, já que coloca duas das mais fortes equipas e que lutam pela subida ao principal campeonato português.
Nuno Lopes na sua habitual conferência de imprensa antes dos jogos, deixou algumas “dicas” de como deverá dispor a sua equipa frente ao Oeiras e deixou claro que o principal objetivo são os três pontos.
“O Oeiras é uma equipa que vem da 1.ª divisão também, apesar de ser um plantel com algumas mexidas, mas o treinador é o mesmo, portanto a forma de estar e de jogar não à de diferir muito daquilo que foi na temporada passada, por isso espero dificuldades como nos outros jogos que tivemos”, começou por dizer.
Sobre a forma como o Oeiras irá apresentar-se em Tomar, Nuno Lopes afirma desconhecer o que vai na cabeça de Miguel Dantas (Treinador da ADO). “Dizer que táctica eles irão trazer, sinceramente não sei mas temos que nos preparar par defrontar uma equipa que via disputar o jogo olhos nos olhos connosco mas também teremos que estar preparados para encontrar uma equipa com um bloco mais baixo que poderá ser um pouco na tentativa de explorar o nosso erro e/ou ansiedade.
Nós, porque temos tido resultados que à vista de quem segue o campeonato pode indicar algum desconforto da nossa parte, o Oeiras pode tentar explorar isso.
Mas temos que ser nós a assumir o jogo, a mandar, não só por estarmos a jogar em casa, mas porque queremos jogar assim, queremos jogar a atacar, a tentar marcar golos. É isso que queremos, mandar no jogo até porque estamos a jogar em casa. Só espero que os atletas estejam na melhor forma física e psicológica para enfrentar as adversidades que vão encontrar no jogo”.
Sobre o adversário, Nuno Lopes afirma que “o Oeiras vale pelo todo, e embora tenha jogadores que em termos individuais possam fazer, em alguns momentos alguma diferença, a equipa vale, acima de tudo pelo seu todo, e é assim que vamos encara a equipa que vamos defrontar”.

Sexta Feira