a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Tiago Amaral assinou ...

sexta , Jun. 05 2020
66

Os manos Sousa, reforçam ...

sexta , Jun. 05 2020
94

“Marinho” renova com o S ...

sexta , Jun. 05 2020
67

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
58802

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
26651

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
21251

Marco Lopes " ...

sexta , Abr. 05 2019
428

Pedro Gil brilha na ...

sábado , Fev. 18 2017
2225

Rui Tavares deixa o ...

quarta , Dez. 07 2016
1081

pluri unhas J

scm hac

O Marinhense recebeu este sábado no Pavilhão da Embra o HA Cambra, com a equipa vidreira a vencer por 5-1 e a manter-se assim na liderança da zona norte da 2.ª divisão após 3 jornadas decorridas.
Partida sob o signo do equilíbrio que teve na concretização das bolas paradas, favoráveis ao Marinhense a diferença no final do encontro.
Primeira parte equilibrada com as duas equipas a fazerem sobressair as suas defesas perante aos ataques adversários. O Marinhense inaugurou o marcador por “Nico “ Carmona aos 6 minutos com o Cambra a responder de imediato por intermédio de Miguel Oliveira, que repôs o empate a 1 bola, com o resultado a não sofrer qualquer alteração até ao intervalo, embora fosse o Marinhense a estar mais perto da vantagem, tendo no entanto desperdiçado duas grandes penalidades ao minuto 22.
Seria na segunda parte que tudo mudaria e aí a assertividade dos atletas do Marinhense nas bolas paradas faria toda a diferença.
Gonçalo Domingues aos 5 minutos colocou o Marinhense em vantagem após a marcação de um LD (10.ª falta do HAC), o Cambra desperdiçaria uma GP aos oitos minutos e na resposta Juan Fontan de GP aumentou para 3-1.
O Cambra foi à procura de outro resultado que lhe fosse mais favorável mas acabou por ser traído com os golos de Tomas Korosek (aos 17 e 22 minutos, respetivamente), numa fase do encontro pautado por oportunidades para os dois lados, com Marco Gaspar o guardião do Marinhense, a ser determinante na fase final do encontro, ao defender de forma segura a sua baliza.
Triunfo que se aceita por parte do Marinhense, perante um Cambra abnegado e sempre com os olhos postos na baliza adversária, mas a não conseguir converter de forma conclusiva as boas oportunidades que dispôs.
O SC Marinhense soma assim a sua terceira vitória em outros tantos jogos, liderando, a par da AD Valongo “B” a zona norte da 2.ª divisão. O Cambra após este jogo mantem um ponto na classificação geral.
Na próxima jornada o SC Marinhense desloca-se a Famalicão onde defrontará o Famalicense AC, enquanto o HA Cambra jogará no seu reduto onde terá como adversário o C Infante Sagres.

Segunda Feira