a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Óquei de Barcelos viaja ...

sexta , Nov. 15 2019
51

FC Porto numa aventura ...

sexta , Nov. 15 2019
276

WS Europe Cup- Três ...

sexta , Nov. 15 2019
104

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
57578

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
25516

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20328

2.ª Div. Norte: 22.ª ...

quinta , Abr. 14 2016
1092

Nacional de Infantis - ...

quinta , Mar. 22 2018
468

Candelária vence e soma ...

domingo , Jan. 10 2016
1056

interioresinteriores

malian

Xavier Malián, guarda-redes da seleção espanhola a par de Sergi Fernández, reagiu ao bronze no Mundial e falou do campeonato português, que disputará em 2019/20 com a camisola dos dragões.
Xavier Malián, divide na seleção espanhola a baliza com Sergi Fernández. Este domingo, conquistou a medalha de bronze no Mundial, um resultado abaixo do esperado pelos espanhóis que, em casa, não conseguiram chegar ao bi.
"O nosso objetivo era estar na final e ganhar o Mundial, mas às vezes não pode ser. O desporto é decidido em detalhes. Na China, ganhámos nos penáltis a Portugal e agora foi decidido em detalhes. É um sabor amargo e difícil, mas pelo menos conseguimos o terceiro. Um pequeno triunfo", comentou o guarda-redes, que se transfere do Liceo da Corunha para o FC Porto.
"Sobre o FC Porto tenho de pensar depois, porque preciso de desligar. A época foi muito comprida. Espero desfrutar no meu novo clube, mas para já ainda tenho a cabeça na seleção", adiantou o jogador, desiludido com o Mundial, mas confiante no futuro: "Estamos há três anos com Alejandro [selecionador nacional] e com um grupo muito jovem. Ele mudou muitas peças e acho que Espanha tem a sorte de ter essa equipa jovem com um futuro muito bom pela frente. Trabalhamos com os melhores a cada dia."
A pouco tempo de chegar a Portugal, onde encontrará no FC Porto Carlo di Benedetto, que defrontou no jogo do terceiro lugar e com quem jogou no Liceo, Malián rematou: "O campeonato português está a subir. Os clubes estão a trabalhar muito bem e tem bons jogadores. Todos os jogos vão ser difíceis e terei de estar muito preparado. Tenho muita vontade de defrontar grandes jogadores."

Fonte/Foto- Jornal “O Jogo”

Quarta Feira