a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Ex jogador da AA Coimbra ...

segunda , Jul. 22 2019
107

Sergi Ortiz reforça o ...

segunda , Jul. 22 2019
216

HC Santa Cruz apresenta ...

segunda , Jul. 22 2019
169

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
57007

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
24981

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19927

Chile em vias de não ir ...

sexta , Ago. 10 2018
368

Diogo Neves lesiona-se ...

segunda , Jan. 22 2018
1546

XII Torneio Int. ...

sexta , Fev. 20 2015
1318

interioresinteriores

54375828 2815734231777642 6966094512074522624 n

Um jogo com duas caras, acabou por no final dar divisão de pontos, com o placard a registra 4-4.
Entrada mais incisiva por pate da formação da linha que foi aproveitando de forma eficaz os erros defensivos dos minhotos.
Aos 17 minutos a equipa de Luís Duarte vencia já por 3-0 (com golos de Filipe Fernandes, Pedro Vaz e “Rafa” Lourenço), numa partida onde o seu sector defensivo estava em “altas” perante um Riba D´Ave a procurar minimizar estragos e a subir, com isso as linhas, deixando espaço para os avançados da equipa lisboeta irem fazendo perigo.
Uma segunda parte diferente, para melhor, do lado da formação minhota que aos sete minutos reduziu por Hugo Azevedo, veio dar outra “alma” à formação visitante, que assumiu de forma evidente as despesas da partida e empurrou a equipa da casa para o seu meio rinque. Hugo Azevedo logo a seguir desperdiça um LD e é Tomás Moreira que “esfria” um pouco a alegria dos visitantes ao fazer o 4-2, no entanto a resposta do conjunto minhoto foi célere com “Micoli” a reduzir para 4-2, corria o minuto 9.
Mais posse de bola e mais perigo junto à baliza de Matraco acabou por dar frutos, com Diogo Seixas a reduzir para 4-3 aos 17 minutos.
E o Riba D´Ave acaba mesmo por chegar ao empate aos 21 minutos por intermédio de Hugo Azevedo na marcação de um LD após um Azul mostrado a Pedro Vaz.
Pouco depois terminaria a partida com a divisão de pontos entre os contundentes, num jogo onde a equipa de Paço Arcos não soube segurar a vantagem de 3 golos que dispôs, mas muito por culpa de um Riba D´Ave atrevido e que tudo fez, e mereceu, para somar um ponto.

Foto- Riba D´Ave