a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

3ª Torneio de Mini ...

terça , Abr. 23 2019
4

São João da Madeira ...

terça , Abr. 23 2019
6

Nomeações de 25 de abril ...

segunda , Abr. 22 2019
380

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
56595

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
24570

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19616

Jovens do Sporting de ...

sexta , Abr. 12 2019
273

Nuno Lopes: "Conseguimos ...

segunda , Fev. 01 2016
828

Campeões Europeus ...

sábado , Jan. 28 2017
829

DI Q

imgS620I222583T20180602182139

Depois da derrota por 3-1 em casa do FC Porto, em jogo a contar para a 20.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins, Paulo Freitas admitiu a importância do clássico, mas garantiu que o Sporting Clube de Portugal continua com o mesmo objectivo.

"Tínhamos perfeito conhecimento da importância deste jogo, tal como o FC Porto. A equipa que vencesse hoje ficavam com clara vantagem no campeonato. Quer nós, quer o FC Porto sentíamos que quem saísse na frente teria enorme vantagem na luta pelo título", começou por dizer aos jornalistas em conferência de imprensa.

"Foi um jogo perfeitamente encaixado, onde, na primeira parte, sabíamos que tínhamos de sofrer para segurar o ímpeto do FC Porto, que entra sempre muito forte nas partidas. Fizemo-lo com muita qualidade, com distinção. Cometemos alguns erros na transição e na posse de bola, mas estava tudo igualado ao intervalo. Iniciámos a segunda parte e sabíamos que o FC Porto ia novamente entrar forte. Houve algumas decisões que nos colocaram fora da partida. Quatro livres directos e dois penáltis marcados mesmo à minha frente que não vou comentar. Duas faltas claras a nosso favor que são transformadas em duas simulações, uma delas com a consequente expulsão de um jogador nosso numa altura crucial da partida. Na parte final, onde tínhamos de arriscar tudo num processo de 5x4, um erro num passe permite ao FC Porto terminar com a partida. Saímos daqui tristes e vencidos, mas não convencidos. Vamos continuar o nosso caminho de forma tranquila, com a qualidade que nos é reconhecida e com o mesmo espírito de conquista", contou.

Por fim, Paulo Freitas elogiou os adeptos Leoninos que se deslocaram ao Dragão Caixa em grande número. "Era o que esperávamos. Nunca nos deixaram de apoiar. Continuam a apoiar-nos de forma incansável. Gostávamos muito de lhes entregar um resultado diferente, mas deixamos a promessa de trabalho para conseguirmos conquistas. Obrigado aos que aqui estiveram e aos que sofreram à distância", concluiu.

Fonte- Sporting CP