a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Protocolo do Sistema de ...

quinta , Ago. 11 2022
21

Calendário da Elite Cup ...

quinta , Ago. 11 2022
33

WSE Continental Cup será ...

quarta , Ago. 10 2022
42

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62205

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31074

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25214

Paulo Freitas- "Não há ...

sexta , Dez. 29 2017
1437

Dérbi Ribatejano a ...

quinta , Set. 10 2020
843

1.ª Div: AD Valongo ...

quarta , Jan. 21 2015
2294

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

rgeb

Renato Garrido, treinador da Oliveirense, candidata ao título que ocupa o segundo lugar no campeonato, prepara a equipa para jogar no Dragão, no domingo (18h00).
A Oliveirense joga este domingo (18h00) no Dragão a 19.ª jornada do campeonato nacional, numa altura em que se encontra em segundo lugar em igualdade pontual com Sporting (1.º) e FC Porto (3.º). A equipa de Oliveira de Azeméis, que perdeu a liderança depois da passagem pela Luz, onde empatou num encontro de arbitragem polémica, tenta voltar ao comando. Renato Garrido, técnico que esta semana foi anunciado pela Federação de Patinagem de Portugal como selecionador nacional, fez a antevisão do duelo com os azuis e brancos, abordando os principais temas.

Arbitragem:
"Só espero que os árbitros estejam ao mesmo nível das equipas e que não haja casos. Se houver não será nada bom, porque já se registaram alguns esta época e que em nada beneficiam a modalidade."

Importância do jogo:
"Não será o jogo decisivo, mas muito importante para as duas equipas, poderá ser o desenho do desfecho final. O FC porto é favorito porque joga em casa e no Dragão é muito difícil pontuar, mas o nosso espírito é o de que só a vitória nos interessa."

Luta entre Sporting, Oliveirense e FC Porto, em igualdade pontual:
"Não esperava chegar aqui com as três equipas empatadas. Se tirássemos quatro minutos a alguns jogos teríamos mais uns cinco pontos. Por infelicidade nossa ou outro tipo de erros não temos mais pontos para irmos mais tranquilos ao dragão."

Duelos anteriores com rivais diretos:
"Perdemos em casa o jogo [Benfica, na primeira volta] que a nós mais nos pesa porque fomos infelizes da forma como perdemos. Durante 48 minutos fizemos um jogo excelente, mas estávamos numa altura prematura da época e a equipa ainda não estava bem entrosada. Depois disso já jogámos com as melhores equipas do mundo e estamos preparados para defrontar qualquer adversário."

Empate do FC Porto em Oliveira de Azeméis, na primeira volta:
"Será um jogo diferente para s duas equipas e, apesar do adversário jogar em casa, pode ser que a medida que se desenrola o jogo sintam mais pressão. Nós vamos tentar controlar todos os momentos do jogo."

Derrota do FC Porto em Tomar, na 18.ª jornada:
"Não será uma vantagem para a Oliveirense, pelo contrário. Nós também já tivemos contrariedades e qualquer jogo fora de casa, hoje em dia, é difícil. Não me surpreendeu o resultado do FC Porto em Tomar, porque o Tomar é uma boa equipa e causou-nos dificuldades em nossa casa. Se não estivermos bem preparados, às vezes, acontecem surpresas. O jogo deste domingo será um grande jogo, terá um grande ambiente e é destes jogos que os jogadores gostam. Vai ser decidido no detalhe."

Pista:
"A pista do Dragão é rápida, com uma caixa de ar pesada, em que os jogadores sentem dificuldades físicas, por isso será um fator condicionante extra para nós."

FC Porto:
"Tem um dos melhores cincos do mundo e a equipa joga junta há muito tempo".

Favoritismo:
"60% para o FC Porto, 40% para a Oliveirense? Não diria. Se calhar, 50/50."

Fonte/Foto- Jornal “O Jogo”