a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Nelson Mateus vai falar ...

sexta , Abr. 16 2021
79

Vasco da Gama abdica de ...

sexta , Abr. 16 2021
185

Retoma da Atividade ...

sexta , Abr. 16 2021
77

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
60160

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
28142

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22514

AP Lisboa- SL Benfica ...

quarta , Set. 25 2019
755

Riba d'Ave e Famalicense ...

domingo , Fev. 07 2021
178

3.ª D- Zona D- HC ...

terça , Abr. 11 2017
1350

3 Massagista Essencial 2

marlene sousa supertaca benfica carvalhos 1 thumbnailO Benfica conquistou pela 6.ª vez consecutiva a Supertaça de Hóquei em Patins feminino
No Pavilhão David Correia de Andrade, entrou bem o Campeão Nacional, na defesa de um troféu que conquista há seis anos consecutivos. Com apenas 4 minutos jogados, Rute Lopes colocou as encarnadas em vantagem e, logo a seguir, a irmã gémea Rita Lopes, no mesmo minuto, aumentou para 2-0.
Frente ao finalista vencido da Taça de Portugal, a formação de Paulo Almeida não desarmou e, ainda nem decorridos os primeiros 10 minutos de jogo, um bis de Marlene Sousa (8’) aumentava para quatro os golos de vantagem, sem que o CH Carvalhos conseguisse dar resposta. Um resultado inicial confortável que deixava as encarnadas mais perto do segundo título oficial da época 2018/19, depois de conquistado o Torneio de Abertura.
O Benfica não abrandou o ritmo – perante um adversário com sérias dificuldades em chegar à baliza de Maria Vieira – e, ao intervalo vencia por 8-0, depois dos golos de Rita Lopes (17’), Aina Arxé (20’), Marlene Sousa (22’) e Maria Sofia Silva (24’).
Logo a abrir o segundo tempo, o marcador subiu para os dois dígitos. Rita Lopes voltou a bisar (26' e 29') – tal como tinha feito na primeira metade do encontro –, assinando o primeiro poker do desafio. No espaço de apenas cinco minutos e numa altura em que o vencedor da Supertaça estaria praticamente decidido, mais dois golos, desta vez com assinatura de Maria Sofia Silva que atirou a equipa para o 12-0.
Quando se caminhava a passos largos para o final do encontro, o CH Carvalhos chegou ao golo. Inês Ferreira foi mais forte no duelo com Maria Vieira, aos 41', marcando o primeiro da formação de Vila Nova de Gaia (12-1). Um golo insuficiente para travar o poderio ofensivo da equipa orientada por Paulo Almeida que continuava a chegar com facilidade à baliza de Rute Jorge. Aos 45’, Maria Sofia Silva rematou com precisão para o 13-1, com o CH a reduzir logo de seguida (13-2).
Em contagem decrescente para o levantar do troféu, o Benfica ainda teve tempo para mais um golo em cima do apito final. Marlene Sousa fechou as contas em 14-2 e as encarnadas festejavam mais uma conquista, erguendo a sexta Supertaça do palmarés.
Paulo Almeida fez alinhar de início: Maria Vieira, Rita Lopes, Rute Lopes, Marlene Sousa e Aina Arxé.

Fotos/Fonte: slbenfica.pt