a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

LE- Resumo SL Benfica- ...

segunda , Abr. 12 2021
0

CNF- Águias, não ...

segunda , Abr. 12 2021
14

LE- Resumo UD ...

segunda , Abr. 12 2021
12

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
60151

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
28102

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22489

AP Lisboa- Treino ...

sábado , Mar. 11 2017
1032

1.ª Div. Juv. Viana ...

segunda , Jan. 09 2017
1260

V Torneio Mini-Hóquei da ...

segunda , Jun. 20 2016
1327

3 Massagista Essencial 2

imgS620I223926T20180619140709

<Há três anos era desejo, agora é realidade. A temporada 2018/19 do Murches vai ser disputada na II Divisão Nacional, após o emblema de Cascais ter conseguido a tão ambicionada subida de divisão. O técnico obreiro da subida foi Luís Adrião, que está no clube desde fevereiro de 2017. Sempre com os olhos na subida, como explicou em entrevista ao zerozero.

«Fui contactado em Fevereiro 2017 para tentar ainda a subida nessa época (2016/2017), apesar dos cinco pontos de atraso para o segundo classificado (liguilha de subida). Fizemos 10 bons jogos em que apenas perdemos no recinto do adversário, com o Sporting e Boliqueime (as equipas que subiram), mas ficámos a quatro pontos do segundo lugar. Nesses cinco meses percebi que tinha um conjunto de jogadores que iriam permitir assumir a subida em 2017/2018, conseguimos manter a base e os reforços complementaram a qualidade que seria necessária para disputarmos a subida. Este grupo, onde também estou incluído, ficará na história do clube pelo desempenho desportivo ostentado durante a época, pelo que sinto que cumpri com os objetivos determinados e fica um registo difícil de bater nos tempos mais próximos. É uma sensação muito boa e de felicidade, fruto do meu trabalho ter permitido o GRF Murches subir á II Divisão como era desejável», explicou o técnico de 48 anos ao nosso portal.

Ao longo da temporada, o Murches foi muito forte, não vencendo apenas quatro partidas em 22. Luís Adrião falou em «finais» para tratar este percurso quase exemplar do conjunto de Cascais.

«O meu desejo era garantir a subida à 20ª jornada, e para isso fomos disputando o campeonato jogo a jogo como de finais se tratassem, demonstrando um desempenho bastante regular ao longo da prova. A equipa manteve-se emocionalmente estável, nunca perdendo a procura da vitória em todos jogos, mesmo nos quatro em que não conseguiu vencer. Depois dos dois empates consecutivos no final da primeira volta, reagimos e partimos para uma série de nove vitórias consecutivas que garantiram a subida», acrescentando que a equipa ia sentindo que o objetivo estava cada vez mais perto ao longo das jornadas.

«Fomos líderes em 19 das 22 jornadas, por isso a cada jornada disputada sentíamos que o objetivo estava mais próximo de ser alcançado. No entanto, para mim, sempre considerei que para além do GRF Murches havia mais três candidatos: Sesimbra, Vasco da Gama e Marítimo», destacou.

Questionado sobre o segredo desta subida de divisão por parte do Murches, Luís Adrião colocou todo o mérito para a sua equipa, destacando a direção e os princípios do conjunto.

«Penso que foi o compromisso com o qual desenvolvi o meu trabalho com este grupo de jogadores. Em momento algum me desviei dos meus princípios, mesmo em fases mais difíceis durante a época. A Direção também nos concedeu boas condições de trabalho, possibilitando inclusive um mini-estágio no norte do país, em setembro, onde começamos a construir as bases deste sucesso», referiu.

Já sobre a continuidade no comando técnico do conjunto de Cascais, Luís Adrião não respondeu diretamente, colocando todas as atenções na luta pelo título da III Divisão, onde o Murches começou com uma vitória em Ponta Delgada (3x8).

«Neste momento apenas estou focado em disputar a fase final do campeonato nacional, acreditando que todo o trabalho por nós desenvolvido durante a época nos permitirá lutar afincadamente pelo título da Campeão Nacional da III Divisão 2017/2018», concluiu.>

Foto±fonte: Zerozero.pt