a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

1.ª D- Resumo AD ...

terça , Dez. 07 2021
12

Pedro Henriques- “Espero ...

terça , Dez. 07 2021
13

FPP- Formação: Ética no ...

terça , Dez. 07 2021
12

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61512

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
29999

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
24283

2.ª Sul- “Bês” do ...

segunda , Dez. 11 2017
1536

Camp. Nac. Sub20 Fase ...

terça , Abr. 26 2016
1581

Nuno Costa reforça CD ...

segunda , Jun. 08 2015
1908

5 Barbeiro Completo

Terronia

img 770x4332018 06 19 01 14 39 1412045

Internacional encarnada iniciou a sua carreira desportiva no UDC Nafarros e chegou à Luz em 2013.
A equipa feminina do Benfica continua a fazer história no hóquei em patins português. As águias somaram o seu hexacampeonato nacional, com mais um saldo de 28 vitórias em outras tantas jornadas e com o máximo de golos marcados, 109, e apenas 10 sofridos.

Inês Vieira, de 25 anos, uma das habituais titulares da equipa liderada por Paulo Almeida, confessa que o segredo do sucesso na Luz está na forma como a equipa encara cada sessão de trabalho, cada encontro. "Impomos o máximo de exigência durante os treinos e os jogos", disse-nos a defesa/médio das hexacampeãs nacionais.

Iniciada na modalidade aos 13 anos, no Nafarros, Inês Vieira passou depois por Os Lobinhos até chegar ao Benfica, em 2013. "Não há comparação entre os três clubes. No Benfica encontrei o patamar que exigia neste desporto para alcançar os objetivos a que me propus", referiu. Seis edições do Campeonato Nacional da 1ª Divisão, seis títulos para o Benfica. Inês Vieira considera que o campeonato está mais fraco, mas acredita que em breve vai evoluir, devido às novas atletas que estão a aparecer. "Estão a surgir jovens jogadoras que vão fazer evoluir o hóquei feminino."

Regresso à Seleção

O Benfica compete, no fim de semana, na final four da Taça de Portugal. Depois, Inês Vieira junta-se ao estágio da Seleção Nacional, preparando o Europeu. Para Inês trata-se de um regresso à equipa portuguesa. "Estive afastada devido ao trabalho. Agora, com outro emprego, consigo ajustar. Estou muito feliz por voltar à Seleção Nacional", confessou.

Fonte/Foto – Jornal “Record”