a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Tato Terruccio ...

domingo , Jul. 12 2020
75

Comunicado Conjunto das ...

domingo , Jul. 12 2020
76

Tomás Pereira foi ...

sexta , Jul. 10 2020
172

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
59011

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
26874

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
21399

Angola- Eleitos para ...

quinta , Ago. 17 2017
1469

Tiago “Losna” apanha ...

quinta , Jan. 18 2018
741

Prof. Hélder Ferreira ...

quarta , Out. 12 2016
2125

pluri unhas J

imgS620I219218T20180418152733

Guardião Tomarense destaca a boa época do SC Tomar.
Pela segunda temporada consecutiva, o SC Tomar vai marcar presença na final-four da Taça de Portugal. A turma orientada por Nuno Domingues deixou para trás o Infante Sagres, OC Barcelos e HC Maia e agora vai ter pela frente nas meias-finais a AD Valongo.
Marco Gaspar foi o guarda-redes titular na última partida que terminou com a vitória dos nabantinos por 2x7 sobre o HC Maia, nos quartos de final, e admite que em Tomar há o sonho de regressar à final da Taça de Portugal, depois do mesmo ter sido conseguido há um ano.
«Sonhar podemos sempre sonhar. Temos a noção de que vamos encontrar uma das equipas que pratica melhor hóquei em Portugal, por isso teremos de estar ao nosso melhor nível para chegar à final», afirma o guarda-redes ao zerozero.pt.
Ao percurso positivo na Taça de Portugal e ao qual o SC Tomar quer continuar a dar seguimento, junta-se a realização de um bom campeonato, onde atualmente ocupa o oitavo lugar com mais pontos conquistados do que em toda a época passada, e também uma campanha interessante na Taça CERS, onde chegou aos quartos de final.
«Temos realizado uma boa época, tal como a temporada passada. Provavelmente surpreendemos muita gente na época anterior e nesta as equipas já nos viam com outros olhos, no entanto conseguimos manter o nível alto e resta agora continuar esse registo e tentar superar o que foi feito na época passada», comenta Marco Gaspar, que destaca o aumento da experiência na comparação das duas épocas.
«Existem poucas diferenças. Continuamos com um grupo unido, como tem acontecido nos últimos anos, e com uma equipa muito homogénea a nível de qualidade. O que realmente pode fazer a diferença é termos mais um ano de experiência, o que neste caso é sempre uma mais-valia», revela.
Marco Gaspar não tem sido primeira opção no SC Tomar e está de saída no final da temporada devido a motivos pessoais e profissionais. O guarda-redes admite que gostava de ser mais utilizado, mas coloca os interesses da equipa acima de tudo.
«Qualquer jogador gosta de jogar. Tive poucas oportunidades mas compreendo tudo, até porque tive uma lesão que me obrigou a parar dois meses e que não ajudou no processo. Mas no fim o que conta é sempre a equipa», termina.

Fonte- www.zero.zero.pt

Foto- João Flores