a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

3.ª D- Norte- Lavra não ...

quarta , Dez. 11 2019
45

3.ª D- Centro- Termas de ...

quarta , Dez. 11 2019
69

3.ª D- Sul- Marítimo ...

quarta , Dez. 11 2019
54

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
57738

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
25642

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20413

CN Sub15 Fase Final: FC ...

segunda , Jun. 26 2017
1474

António Silva- “o nosso ...

sexta , Set. 23 2016
1189

HC Mealhada organiza ...

terça , Jan. 03 2017
1086

interioresinteriores

at slb1

O Benfica venceu, esta sexta-feira, os argentinos do Andes Talleres (4-7) na primeira meia-final da Taça Intercontinental de hóquei em patins, num jogo onde a vitória nunca esteve antecipadamente garantida, já que a equipa argentina, sob a batuta de “Carlitos” Lopez, nunca baixou os braços e deu luta até final por um resultado diferente.
A edição deste ano – que conta com um formato de final four – decorreu no Pavilhão Olímpico de Reus, em Espanha, junta os antigos campeões continentais de 2015/16, casos de Benfica e Andes, e os atuais, Reus e Conception, que disputam ainda esta sexta-feira a outra meia-final.
Foram os argentinos a inaugurar o marcador, logo aos 3’. Mas a resposta do Benfica foi rápida e, aos 10’, já tinha dado a volta ao marcador e vencia por 1-3 (golos de Miguel Rocha e dois de Carlos de Nicolía, o último de grande penalidade). João Rodrigues marcou ainda na primeira parte e os encarnados levavam para o intervalo a vantagem de um golo (3-4).
No segundo tempo, mais remates e mais golos. Aos 32’, na conversão de uma grande penalidade, Carlos Nicolía rematou para o 3-5 e Diogo Rafael fechou as contas (4-7). Antes, um autogolo de Exequiel Tamborindegui aumentou a vantagem encarnada.
Na final, marcada para as 16h00 de sábado, o Benfica vai encontrar o vencedor do jogo entre Concepcion PC e Reus Deportiu.
Recorde-se que o Benfica ergueu o troféu em 2013, quando se tornou na segunda equipa portuguesa a conquistá-lo, depois do Óquei Clube de Barcelos, em 1992.

Fonte – SL Benfica

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeSobrancelha