a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Barcelos canta de Galo

quarta , Nov. 20 2019
157

AD Sanjoanense empata ...

quarta , Nov. 20 2019
170

Braga trava Benfica

quarta , Nov. 20 2019
86

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
57617

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
25542

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20347

2.ª Div – Norte: CI ...

segunda , Out. 20 2014
2282

Ordoñez e Edu Castro ...

sábado , Dez. 09 2017
685

Inter-Regiões- Minho em ...

sábado , Mar. 28 2015
1222

interioresinteriores

RuiTabordaARb

«Rui Taborda, de Almeirim, comunicou à federação o fim da carreira.
Rui Taborda, que em 2015 foi considerado o melhor árbitro de hóquei em patins do distrito de Santarém, decidiu acabar a carreira um anos após apitar jogos da primeira divisão. Quando ficou em primeiro lugar da classificação, o árbitro de Almeirim tinha muitas esperanças em relação à primeira divisão, escalão ao qual subiu pelo facto de ter sido considerado o melhor a apitar. Mas as expectativas saíram goradas após um ano a apitar no principal escalão e no domingo enviou uma carta à federação a comunicar o fim da carreira.
Contactado por O MIRANTE, Taborda diz que sai desiludido com o que lhe aconteceu durante esta época, em que, revela, poucas vezes era nomeado para apitar jogos e quando era escolhido calhavam-lhe os jogos de menor importância, com equipas que estavam nas classificações mais baixas. O árbitro de Almeirim conta ainda que apesar de estar na primeira divisão era muitas vezes convocado para jogos do escalão inferior. Refere ainda que não lhe foram dadas oportunidades e que percebeu que o objectivo era fazer com que voltasse a descer de divisão.
A última vez que os amantes do hóquei da sua terra o puderam ver a apitar foi no passado mês de Junho, quando arbitrou um dos jogos da finar four (a quatro) de hóquei em patins feminino, em seniores, que decorreu no Pavilhão Alfredo Bento Calado, em Almeirim.
Rui Taborda, 46 anos, estava na arbitragem desta modalidade há cerca de 12 anos. Quando foi considerado o melhor do distrito, o árbitro, quadro da Marinha de guerra, onde actualmente é barbeiro, contou a O MIRANTE que o seu principal objectivo foi sempre “chegar ao fim de um jogo, ao fim de uma época, e sair sempre de cabeça levantada”.»

Foto|fonte: "O Mirante" 

workshops para rodapé Noticias EscovaProgressiva