a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

AP Coimbra leva a efeito ...

terça , Mar. 02 2021
31

Resumo HC Braga- SC Tomar

terça , Mar. 02 2021
39

CA Campo Ourique impõem ...

terça , Mar. 02 2021
53

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
60026

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27961

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22325

Hélder Pereira abandona ...

quinta , Jul. 14 2016
3359

Frederico Areias "Fredy" ...

quarta , Jul. 05 2017
1333

Jordi Burgaya ...

sexta , Jul. 14 2017
2454

2 Barbeiro Março

reinaldo garcia vs reus 110317 1

FC Porto – Réus Deportiu 7-7

FC Porto Fidelidade e Reus empataram a sete golos no jogo da 1.º mão dos quartos de final da Liga Europeia
Terminou com um empate a sete golos a primeira mão do quartos de final da Liga Europeia de hóquei em patins, que colocou frente ao FC Porto Fidelidade os catalães do Reus Deportiu. No Dragão Caixa, os Dragões estiveram praticamente toda a partida em vantagem no marcador, mas nos minutos finais foram mesmo obrigados recuperar um golo para segurarem o empate que serve de base para o decisivo jogo da segunda mão, agendado para dia 1 de abril.
Foram pouco utilizados os travões dos patins nos primeiros 20 minutos da partida, disputados em ritmo frenético. A estratégia de ataques rápidos montada pelos espanhóis obrigou os portistas a terem praticamente que responder na mesma moeda e até se pode dizer que a formação de Guillem Cabestany se deu bem com essa faceta de jogo. Isto porque nessa fase foi quase sempre a mais perigosa sobre o rinque: adiantou-se no marcador ao quinto minuto (Rafa), aumentou-a ao 11.º (Gonçalo Alves) e conseguiu, com justiça, levar para o intervalo uma vantagem de dois golos (4-2), graças a mais um golo de Ton Baliu e ao bis de Gonçalo Alves, isolado de forma brilhante por Jorge Silva: a assistência do 15 portista vale a pena ser vista e revista
Para os catalães marcaram Albert Casanovas e Raül Marín, mas o maior destaque do lado adversário até fala português. Com uma mão cheia de boas intervenções, e bem auxiliado pelos ferros, Pedro Henriques manteve o Reus sempre em jogo e na discussão do resultado.
Não tão frenético foi o ritmo dos derradeiros cinco minutos do primeiro tempo e todo o segundo, mas nem por isso as equipas deixaram de ter os olhos nas redes adversárias. Nesse jogo de resposta de parte a parte coube aos espanhóis inaugurar as hostilidades do tempo complementar e voltar a reduzir a desvantagem, por Raül Marín (4-3), tendo a resposta dos Dragões saído do stick de Reinaldo Garcia 5-3. Foi sempre com os azuis e brancos na frente que se chegou à igualdade a seis, com pouco mais de cinco minutos para o final, mas os catalães haveriam de se adiantar pela primeira vez quando o cronómetro ditava quatro para o final.
Pela primeira vez em desvantagem os azuis e brancos vestiram o fato que em toda a partida pertenceu ao Reus e anularam a vantagem forasteira. Rafa igualou a sete golos uma eliminatória que vai para a segunda mão com tudo em aberto. Todas as decisões ficam adiadas para o jogo em Espanha, agendado para o próximo dia 1 de abril.​​


FICHA DE JOGO


Dragão Caixa, no Porto


Árbitros: Xavier Bleuzen(França) e JulienThibaud(França)

FC PORTO FIDELIDADE: Carles Grau, Hélder Nunes, Reinaldo Garcia, Gonçalo Alves e Rafa
Jogaram ainda: Telmo Pinto, Jorge Silva, Vítor Hugo e ton Baliu
Treinador: Guillem Cabestany

REUS: Pedro Henriques, Matías Platero, Albert Casanovas, Raül Marín e Marc Torra
Jogaram ainda: Alex Rodrigues
Treinador: Enrico Mariotti


Ao intervalo: 4-2
Marcadores: Rafa (5m, 47m), Gonçalo Alves (11m e 24m ), Albert Casanovas (13m), Raül Marín (23m, 31m, 45m), Jorge Silva (41m), Marc Torra (44m), Alex Rodríguez (46m)

Disciplina: cartão azul a Raül Marín (10m), Vítor Hugo (21m), Marc Torra (21m, 34m)

workshops para rodapé Noticias EscovaProgressiva