a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Reunião FPP e Clubes da ...

quinta , Abr. 02 2020
6

Alteração Momentânea

quinta , Abr. 02 2020
258

Fernando Graça demite-se ...

quarta , Abr. 01 2020
129

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
58454

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
26339

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20971

CN Sub15 2.ª Fase Norte: ...

segunda , maio 15 2017
1050

S Alenquer B deu inicio ...

terça , Ago. 26 2014
2209

CD Paço Arcos recebe ...

segunda , Jul. 28 2014
2334

interiorespluri unhas J

P2182739

CD Paço Arcos – SC Tomar 1-4

O SC Tomar somou este sábado 3 pontos importantes na luta pela manutenção ao bater no “Casablanca” o Paço de Arcos, equipa que luta para fugir aos lugares de despromoção, num jogo de hóquei, intenso e emotivo durante os cinquenta minutos de jogo.
As duas equipas entravam com o mesmo objectivo- somar pontos para fugir aos últimos lugares. O SC Tomar um pouco mais desafogado, mas a saber que uma derrota deixava a concorrência abaixo mais perto, e um Paço de Arcos a viver momentos mais aflitivos e a precisar de pontuar, ainda para mais frente a uma equipa do seu campeonato.
Início da partida com as equipas a respeitarem-se e é SC Tomar que se adianta no marcador por intermédio de Pedro Martins à passagem do minuto quatro, numa jogada de puro contra ataque.
Três minutos depois grande penalidade a favorecer o SC Tomar e Paulo Passos, chamado a converter não perdoa e coloca os ribatejanos a vencerem por 2-0.
A equipa da linha sentiu o toque, e foi à procura de inverter a situação a seu favor. Aumentou a pressão sobre o jogador da bola leonino, mas encontrou uma equipa segura e personalizada e que assimilou depressa a regras do jogo. A jogar muitas vezes 2x2 trocou a bola, jogou no limite do tempo de ataque privilegiando o passe e obrigando ao mesmo tempo a equipa do Paço de arcos a abrir espaços.
Até ao intervalo o resultado não se alterou embora o Paço de Arcos tenha criado várias situações de apuro à baliza leonina, mas num primeiro tempo de maior posse de bola dos ribatejanos.
Veio o segundo período e o Paço de Arcos tem oportunidade de reduzir, corria o minuto 4,mas Rui Pereira não consegue desfeitear Marco Gaspar na marcação de uma GP. E é o SC Tomar que aumenta a vantagem aos 5 minutos por Ivo Silva na sequência de um LD a castigar a 10.ª falta da formação da casa. Para piorar as coisas Nélson Ribeiro no minuto seguinte não consegue converter o LD que a equipa do Paço de arcos dispôs (10.ª falta do SCT). Diego Dias ainda dá esperança ao Paço de Arcos quando reduziu, corria o minuto 13, mas é o SC Tomar que acaba por chegar ao 4-1, aos 18 minutos, por Ivo Silva numa jogada individual pouco depois de ter desperdiçado um livre directo (15.ª falta do CDPA), .
Até final a equipa da casa procurou reduzir mas o discernimento era pouco, com os nervos a apoderarem-se de alguns jogadores do PA, perante um SC Tomar tranquilo e a gerir de forma inteligente as incidências do jogo. Pedro Martins foi dos mais castigados do lado tomarense, tendo provocado os CA azuis mostrados a Digo Silva, Losna e Nelson Ribeiro, fruto da intensidade que os jogadores colocaram em rinque. Até final dois livres directos favoráveis ao SC Tomar (2 CA a jogadores do Paço de Arcos) e um ao Paço de Arcos (15.ª falta de equipa do SCT) não tiveram consequências, com o SC Tomar a vencer de forma justa este encontro e que a deixa a respirar melhor na tabela classificativa, somando agora 19 pontos, enquanto o Paço de Arcos mantem os 10.
Destaque neste encontro para as exibições dos dois guarda redes, em particular Marco Gaspar, enorme na defesa das redes leoninas.

Árbitros – Jaime Vieira e Paulo Carvalho

CD Paço Arcos: Diogo Alves (GR), Tiago Gouveia, Ricardo Pereira, Rui Pereira e Diego Dias; Nélson Ribeiro, Miguel Dantas, Diogo Silva, Tiago Losna e Guilherme Pedruco (GR)
Treinador- Jorge Godinho

SC Tomar: Marco Gaspar (GR), Pedro Martins, João Lomba, Ivo Silva, Paulo Passos; Hernâni Diniz, João Alves, David Costa, Tiago Godinho e Nuno Peça (GR)
Treinador- Nuno Domingues

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeCabelo