a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Alejandro Domínguez- ...

domingo , Fev. 28 2021
121

Homenagem a Quintana ...

domingo , Fev. 28 2021
255

AD Valongo de volta aos ...

domingo , Fev. 28 2021
57

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
60022

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27956

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22323

Tiago Carneiro reforça ...

quinta , Jul. 28 2016
2470

CN Norte Sub17: 5.ª ...

segunda , Mar. 14 2016
1532

CN- Sub-20 – Sul – ...

quarta , Fev. 15 2017
2019

2 Barbeiro Março

jorge silva n

O FC Porto  joga no pavilhão do Óquei de Barcelos amanhã pelas 16h30 para a 14.ª jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão.
«Confirmado o apuramento para os quartos de final da Liga Europeia, o FC Porto Fidelidade volta a centrar atenções no Campeonato Nacional e na perseguição ao desejado primeiro posto da tabela, que está à distância de dois pontos. É com esse objetivo que no sábado (16h30, TVI24) a equipa de Guillem Cabestany se desloca a Barcelos, para jogar no pavilhão do atual quinto classificado (menos nove pontos do que os Dragões), na partida que marca o arranque da segunda volta.
Na antevisão do jogo “grande” da 14.ª jornada, Jorge Silva alertou para a dificuldade em jogar num pavilhão repleto de adeptos da equipa da casa e admitiu que esse fator acaba por anular alguma “vantagem natural” da equipa portista.
Ainda que o resultado na primeira volta tenha sido favorável,​ na cabeça do camisola 15 está ainda o desaire em Barcelos da época anterior, em que os portistas acabaram derrotados por 5-4. Por esse motivo, o avançado espera que a equipa seja capaz de manter o seu plano e evitar alguns erros cometidos no passado, numa partida que prevê muito equilibrada.

Evitar erros do passado para sair com os três pontos
“Podemos esperar um grande jogo. O Óquei de Barcelos é muito forte em casa, com um pavilhão sempre cheio de gente, mas sabemos bem o que temos que trabalhar para sair de lá com os três pontos. A equipa deles empolga-se com o ambiente, mas independentemente disso nós temos que fazer o nosso jogo. Sabemos os pontos fortes do jogo deles e eles os nossos, daí pensar que vai ser um jogo muito equilibrado. Esperamos também não cometer os erros do ano passado, de forma a que no fim sejamos nós a equipa mais forte e a sair de lá com os três pontos.”

O “natural” favoritismo do FC Porto
“O FC Porto é naturalmente uma equipa mais forte, mas o fator casa neste caso acaba por equiparar muito as coisas. É um clássico do hóquei português, com duas grandes instituições, e só esperamos que sejamos nós os mais fortes.”»

Fonte|Foto: FC Porto

workshops para rodapé Noticias DepilaçãoaLinha