a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Confiantes em “reverter ...

sábado , maio 28 2022
10

Play-off - Antevisão ...

sábado , maio 28 2022
14

Play-off - Antevisão ...

sexta , maio 27 2022
16

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61981

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
30714

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
24919

Leões famintos sem ...

sábado , Jan. 09 2016
1668

FPP – Fase Final do CN ...

sexta , maio 26 2017
1630

1.ª D- Tigres de “garras ...

segunda , Nov. 04 2019
1117

ventosaterapia

Cabestanyadsasfa

O Jornal "O Jogo" também dá destaque ao embate entre o FC Porto e o FC Barcelona deste fim de semana, em jogo da 4.ª Jornada da Liga Europeia agendada para sábado às 19h50.
«Guillem Cabestany, treinador da equipa de hóquei em patins do FC Porto, fez a antevisão ao jogo com o Barcelona, da Liga Europeia.
O FC Porto defronta no próximo sábado o Barcelona, em jogo da quarta jornada do Grupo B da Liga Europeia. Guillem Cabestany fez a antevisão, recordou o triunfo no Dragão Caixa e mostrou confiança. Todavia, deixou também um aviso.
Há oito dias se calhar estávamos aqui a pensar que já somos uma equipa com a maturidade suficiente para ganhar uma Liga dos Campeões. Pensar assim é um erro. Ganhámos ao Barcelona, mas não lhes ganhámos numa final do Champions. Estamos preparados para vencer o Barcelona num dia pontual, mas nós queremos ganhar campeonatos e taças e não vencer alguns jogos", afirmou o treinador dos dragões.
"O nosso trabalho é encaixar em todos os adversários. Contra o Benfica também nos tínhamos encaixado bem até à última sexta-feira. Contra o Barcelona os jogos têm sido sempre muito fechados, mas abertos ou fechados esperamos que a nossa equipa esteja no seu nível, que já demonstrou que pode ser muito alto", continuou Cabestany.
"Sabemos que é possível vencer o Barcelona. Já o fizemos e vamos tentar voltar a fazê-lo. Mas por agora o que precisamos é de recuperar as nossas sensações. Jogamos, senão a melhor, com uma das três melhores equipas do mundo e por isso, se a nossa intensidade, se o nosso trabalho na pista não for o melhor, o Barcelona vai ser outro Benfica. Vamos estar muito dependentes do adversário, mas também dependentes de nós e do trabalho que realizamos durante a semana", concluiu.»

Foto|Fonte: Jornal "O Jogo"

workshops para rodapé Noticias AutoEpilação