a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

1.ª D- Resumo do HC ...

segunda , Jan. 17 2022
13

2.ª D.- Norte- Riba ...

segunda , Jan. 17 2022
9

1.ª D- Resumo da UD ...

segunda , Jan. 17 2022
11

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61616

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
30143

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
24443

1.ª D- Resumo HC Braga- ...

sexta , Dez. 10 2021
94

Bruno Silvério reforça ...

segunda , Ago. 08 2016
1690

Rafael Plácido reforça ...

terça , Ago. 02 2016
2201

3 Cabeleireiro Inicial

Terronia

15879226 1862835983931391 1132153008 n

SL Benfica – FC Porto 8-4

Num dos jogos mais importantes desta ronda 11 do Nacional, o Benfica venceu por 8-4 com João Rodrigues a ser o MVP deste encontro ao fazer um “póquer”, com o SL Benfica a manter a invencibilidade nesta edição da prova.
Jogo equilibrado na primeira metade, com as águias a terem as duas primeiras grandes oportunidades mas a desperdiçarem um LD e uma grande penalidade, mas pouco depois a inaugurar o marcador por João Rodrigues.
O FC Porto a chegar ao empate dois minutos depois por Jorge Silva. Mas a dois minutos do intervalo Miguel Rocha a colocar o Benfica novamente na frente ao fazer o 2-1.
Segunda parte com o Benfica a entrar muito forte e nos 10 primeiros minutos da etapa complementar a colocar o placar em 5-1 com um bis de João Rodrigues e Jordi Adroher.
Fase de grande pressão dos encarnados perante um Porto sem argumentos para travar a linha atacante encarnada que aproveitou da melhor maneira as oportunidades concedidas pela defesa dos dragões.
Este segundo período mostrou duas equipas abertas oque proporcionou oportunidades para os dois lados, muito contacto e com isso a criar situações de bola parada para ambos os lados, situação que o FC Porto não soube tirar partido.
O FC Porto através de Vítor Hugo, que tinha entrado entretanto, reduziu para 5-2 aos 13 minutos. Gonçalo Alves e Hélder Nunes não concretizam as bolas paradas que dispuseram e é o Benfica que aumenta a vantagem para 6-2 por Válter Neves, corria o minuto 19.
No minuto seguinte “Rafa” reduz mas mais uma vez a resposta encarnada com o inevitável João Rodrigues a fazer o delírio do muito público que marcou presença no “Fidelidade” ao apontar o 8-3. Vítor Hugo a dois minutos do final a colocar o marcador em 8-4 e a fchar o placard neste encontro.
Triunfo justo dos encarnados que justificaram, em particular na segunda metade o porquê de serem líderes e manterem a invencibilidade nesta edição 2016-2017.

workshops para rodapé Noticias AutoManicura