a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Seleção Nacional ...

domingo , Jun. 16 2019
147

3.ª D- liguilha de ...

domingo , Jun. 16 2019
410

Adriana Costa vai ...

domingo , Jun. 16 2019
245

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
56849

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
24831

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19812

Vieirinha homenageado ...

terça , Nov. 24 2015
1030

2.ª- Sintra foi a “Vila ...

domingo , Mar. 31 2019
149

"Um ano depois, a mesma ...

domingo , Mar. 25 2018
413

interioresinteriores

grandola ado

HCP Grândola – AD Oeiras 2-3

O HCP Grândola recebeu no “Zeca Afonso”, o Oeiras, um dos candidatos à subida, com a vitória a sorrir à equipa da Linha num jogo onde a eficácia e “matreirice” da formação forasteira em particular na primeira metade do jogo acabou por ser decisivo no desfecho da partida.
O jogo começou com o Oeiras muito retraído e a dar o controlo de jogo ao HCPG. Logo aos 2 minutos de jogo surge o 1º percalço para o HCPG, a lesão do “ToJo” (que já não voltou ao jogo). Logo de seguida, aos 3 minutos, o Oeiras inaugura o marcador pelo Nogueira que, após uma recuperação de bola, foi avançando sem pressão e numa finalização simples fez o 0-1.
A equipa do HCPG ficou intranquila e o Oeiras, em rápidos contra-ataques, fazia o que queria da defesa do HCPG e, sem surpresa, aumentou para 0-2 aos 8 minutos pelo Tiago Rodrigues numa oportuna recarga a remate de Garção.
O Oeiras continuava a defender recuado e a privilegiar o ataque em 2x2 enquanto o HCPG tentava “voltar” ao jogo, mas sem grandes resultados práticos. Até que aos 14 minutos o HCPG reduz para 1-2 pelo Márcio num livre frontal que surpreendeu a defesa do Oeiras.
Sem mais grandes oportunidades de golo para ambas as balizas chegou o intervalo onde tínhamos a noção de que não foi uma boa primeira parte do HCPG.
Na 2ª parte, o HCPG entrou para tentar dar a volta ao resultado, mas pertenceram ao Oeiras as primeiras grandes oportunidades de golo, novamente devido a falhas defensivas que poderiam ter sido irreversíveis no resultado.
Nesta altura, o HCPG dominava por completo o jogo e ia criando inúmeras dificuldades à defesa do Oeiras, que ia resistindo conforme podia nunca deixando de tentar o ataque, embora de forma menos incisiva.
Pouco depois, aos 15 minutos, é o HCPG a beneficiar de um penalti que o Bernardino não desperdiça batendo Tony num remate colocadíssimo fazendo o 2-2.
No minuto seguinte é marcada a 10ª falta ao HCPG e no livre-directo o Oeiras volta a falhar a bola parada, desta feita pelo Nogueira.
A pressão do HCPG aumentou, e de que maneira, e o jogo estava impróprio para cardíacos, tal a quantidade de contra-ataques que cada equipa proporcionava uma à outra. Depois, surge o caso do jogo, o Zé Bernardo faz falta numa “picadinha” demasiado alta e sofre uma stickada involuntária de um jogador do Oeiras e cai no chão. Ora é marcada, e bem, falta contra o HCPG, mas o Sr. Árbitro, ignorando por completo o estado físico do atleta do HCPG, deixa o Oeiras marcar imediatamente a falta que, contando com a inércia dos atletas do HCPG, provoca um 2x0 e chega ao 2-3 num golo extremamente fortuito mas muito consentido.
Pouco depois, o Oeiras chega à 10ª falta e o HCPG não consegue aproveitar o livre-directo para empatar a partida, com o Marcelino a acertar em cheio no poste.
Até final o HCPG tentou de tudo para evitar a derrota, inclusive tirou o guarda-redes e pôs mais um jogador de campo, o que ainda originou uma grande oportunidade que caprichosamente não entrou, mas já não conseguiu pelo menos o empate.
Derrota injusta perante um excelente adversário que foi eficaz na 1ª parte e que na 2ª parte defendeu com tudo o que tinha tal foi a pressão do HCPG. Quanto ao HCPG, fica a ideia de uma 1ª parte fraca que ofereceu a vitória ao adversário, mas uma 2ª parte de excelente nível com o percalço que foi o 3º golo do Oeiras onde se revelou alguma desconcentração ao não se evitar a marcação rápida da falta.

Fonte – Jornal HCPG (Página do facebook)
Foto – www.hoqueipatins.pt / Diogo Jacinto

workshops para rodapé Noticias PenteadosdeNoiva