a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Leões perdulários, ...

sábado , Nov. 28 2020
25

OC Barcelos derrota HC ...

sábado , Nov. 28 2020
29

Argentinos Platero e ...

sábado , Nov. 28 2020
32

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
59647

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27536

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
21943

Acção de Formação sobre ...

domingo , Jun. 11 2017
2130

Treinador do Réus ...

segunda , Abr. 27 2015
1472

Dário Santo renova com o ...

sexta , Jul. 28 2017
897

Pluriform PP1

Cabestanydragao2016

O FC Porto Fidelidade estreia-se na Liga Europeia 2016/17 com uma receção aos franceses do Mérignac no próximo sábado, em jogo agendado para as 18h.
«É no sábado, às 18h00, no Dragão Caixa que o FC Porto se estreia na edição 2016/17 da Liga Europeia, frente ao Mérignac, vice-campeão francês, atual sétimo classificado do campeonato (duas vitórias e três derrotas) e teoricamente a equipa mais acessível do Grupo B, no qual também ficaram sorteados o Barcelona (Espanha) e o Bassano (Itália). Guillem Cabestany diz que é “imprescindível” começar a prova com uma vitória, sobretudo porque é um jogo em casa, onde todos os pontos são fundamentais para o acesso aos quartos de final da competição, e porque o calendário é favorável aos Dragões.

O valor do adversário
“O Mériganc é uma equipa que está a evoluir, que nas últimas épocas tem participado nas competições europeias e que no ano passado ganhou em casa ao Bassano no último minuto. Num mau jogo nosso pode complicar muito as coisas e não queremos que isso aconteça.”

A importância de começar a ganhar
“É imprescindível começar a ganhar, porque este calendário que nos é teoricamente favorável pode deixar de o ser. Além disso, trata-se de um jogo frente a um rival mais acessível e que antecede a deslocação a Bassano, que é um adversário que nos pode colocar dificuldades.”

Um olhar à Liga Europeia
“É competição muito difícil, que não é muito cumprida e que nos exige estar bem em momentos pontuais e aí entram sempre muitas variáveis, como lesões, o nível de jogo da equipa, o estado de ânimo a que ela chega nos jogos mais importantes… O FC Porto não vence a prova há 26 anos, o que mostra as dificuldades que representa participar nesta prova.”
Ao lado do treinador catalão esteve o capitão Hélder Nunes, que pediu “intensidade e muita garra” no jogo de estreia na prova maior de clubes de hóquei em patins na Europa, que será transmitido em direto no Porto Canal.

Entrar com o pé direito
“Queremos começar com o pé direito. Apesar de ser teoricamente um adversário acessível, com certeza que vem cá para nos complicar a vida, por isso temos de entrar para ganhar, como entramos em todos os jogos do campeonato. Temos de ser intensos e jogar com muita garra. Fazer uma boa exibição não quer dizer ganhar por cinco, dez ou 20. Queremos sair do jogo contentes com o nosso trabalho, de preferência com o maior número de golos marcados possível.”

O sonho de vencer a Liga Europeia
“Todos sonhamos em conquistar esta competição, ainda por cima num clube como o FC Porto. Sem dúvida que o nosso objetivo é conseguir disputar a final para a vencer. Vamos sonhar juntos nesta caminhada, unidos para conseguirmos o que queremos.”

Um FC Porto diferente
“Temos mais um ano juntos, pelo que já nos conhecemos melhor uns aos outros, e mesmo os que chegaram este ano integraram-se bem. Isso ajuda bastante e nota-se que as nossas rotinas estão mais assimiladas.”»

Fonte|Foto: www.fcporto.pt 

workshops para rodapé Noticias PenteadosdeNoiva