elite porto viana

FC Porto – Juventude Viana 9-2

O FC Porto bateu a Juventude de Viana por 9-2 segundo jogo da ELITE CUP, que hoje teve o seu inicio em Coimbra e garantiu a presença nas meias finais desta edição que coloca as oitp melhores classificadas da temporada transacta.
Um hat-trick de Rafa (na foto), um bis de Hélder Nunes e outro de Telmo Pinto e ainda um golo de Jorge Silva resolveram um jogo em que os Dragões foram claramente superiores aos minhotos.
No Pavilhão Municipal Multidesportos Mário Mesquita, em Coimbra, onde até domingo se vai disputar a competição que junta os oito melhores classificados da edição passada do Campeonato, os portistas entraram melhor, mas acabaram por sofrer um golo logo aos cinco minutos, apontado por Francisco Silva. A desvantagem, porém, não durou muito, porque Reinaldo Garcia reestabeleceu o empate pouco depois (8m).
O domínio do FC Porto em rinque era evidente e tornou-se ainda mais quando em apenas três minutos marcou outros quatro golos: primeiro foi o capitão Hélder Nunes a consumar a cambalhota no marcador (15m), depois um bis de Rafa (16m e 18m) colocou os Dragões a vencer por 4-1, e Telmo Pinto assinou o quinto golo (18m), fixando o resultado com que o jogo foi para o intervalo.
A segunda parte começou praticamente com mais um golo dos azuis e brancos, obtido na sequência de uma grande penalidade convertida por Rafa, que assim chegava ao hat-trick (28m). O jogo era de sentido único e foi com naturalidade que o FC Porto foi avolumando o resultado: Termo Pinto (35m) e Hélder Nunes (36m) acrescentaram um segundo golo à conta pessoal e depois foi a vez de Vítor Hugo inscrever o seu nome na lista de marcadores do encontro (40m). Ainda faltavam dez minutos para se jogar, o resultado estava feito e os Dragões abrandaram, tendo permitido que a Juventude de Viana chegasse ao 9-2 (44m) e assim fixasse o resultado final.
Guillem Cabestany gostou do que viu, da “intensidade e do ritmo” que a equipa impôs na partida desde o início e da “segurança defensiva” que também demonstrou. “Hoje saímos mais contentes do que no último jogo, só não fiquei satisfeito quando baixámos um pouco a intensidade nos últimos cinco ou sete minutos”, disse o treinador catalão, frisando ainda que o primeiro objetivo nesta Elite Cup é ter a equipa preparada para a primeira partida oficial da temporada, para a Supertaça, e o segundo será vencer a prova.

Fonte- www.fcporto.pt
Foto- www.hoqueipatins.pt / Benfas

workshops para rodapé Noticias AutoEpilação