a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

16 Avos de Final da Taça ...

segunda , Jan. 24 2022
20

2.ª Sul- AE Física D ...

segunda , Jan. 24 2022
16

TP- Parede vence ...

segunda , Jan. 24 2022
13

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61642

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
30166

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
24458

Fábio Sousa no BIR

sexta , Jul. 17 2020
863

AP Porto vence AP Aveiro ...

sábado , Jan. 03 2015
2282

AP Minho divulga 4.ª ...

sexta , Nov. 24 2017
1262

3 Cabeleireiro Inicial

Terronia

P9032063

SL Benfica e SC Tomar defrontaram-se ao final da tarde de sábado no “Fidelidade” em jogo treino, com os encarnados a vencer os ribatejanos por 9-4.
Partida interessante de se seguir entre duas equipas com objectivos diferentes no Nacional da 1.ª divisão e que serviu para os técnicos irem cimentando rotinas, numa fase de época ainda muito fresca e onde a intensidade física dos treinos ficou patente no desenrolar do jogo, com maior evidência para a equipa tomarense que depois de na noite de sexta feira ter defrontado em Tomar o Alcobacense a quem venceu por 5-1 e na manhã de sábado ter treinado, ficou evidente no decorrer dos 50 minutos desta partida, alguma incapacidade, que acabou por ser fatal em momentos chave do jogo perante um Benfica mais rotinado e com um conjunto quase sem novidades.
Quanto à partida propriamente dita maior tempo de posse de bola do Benfica, com o Tomar no entanto a inaugurar o marcador. O Benfica acabaria por chegar à vantagem por 2-1, empate dos ribatejanos, e na resposta foi novamente o Benfica a marcar, mas ainda antes do intervalo seria a equipa tomarense a empatar a 3 bolas, resultado que não se alterou até ao intervalo.
Entrada na segunda metade mais forte do Benfica perante um SC Tomar algo preso, a abrir espaços que seriam bem aproveitados pelo Benfica que culminaram com cinco golos nos primeiros oito minutos da etapa complementar para os encarnados.
Nuno Domingues a alterar a equipa e com isso a estabilizar em termos defensivos o conjunto ribatejano que ainda acabaria por sofrer mais um golo. O SC Tomar reduziria pouco depois, com o resultado a não se alterar até final.
Como dissemos, jogo onde para além do interesse de parte a parte em levar a melhor sobre o opositor, foi acima de tudo e em particular para o técnico nabantino, tempo para analisar e ir criando automatismos num conjunto que sofreu algumas alterações no grupo relativamente à época anterior.
Certamente a deixar indicações preciosas, para os técnicos das duas formações num jogo que considerando a fase da época, onde as cargas físicas que os jogadores tem sido sujeitos, e que são notórias, ainda assim a deixar alguns momentos interessantes neste encontro.
Pelo Benfica apontaram Jordi Adroher (3), João Rodrigues (2), Diogo Rafael, Tiago Rafael, Válter Neves e Miguel Rocha. Do lado do SC Tomar, Ivo Silva e Pedro Martins foram os autores dos golos com dois tentos cada um.

workshops para rodapé Noticias AutoManicura