a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

2.ª Norte- Póquer de ...

segunda , maio 16 2022
11

LE- Final- Resumo do ...

segunda , maio 16 2022
12

Edo Boch- “o jogo de ...

segunda , maio 16 2022
14

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61958

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
30671

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
24888

Sub13 do Gulpilhares ...

segunda , Dez. 21 2015
1637

Tiago Jorge regressa à ...

quinta , Set. 14 2017
2937

Escola Livre de Azeméis ...

terça , Out. 11 2016
2013

ventosaterapia

pires2

Portugal é sempre apresentado como uma potencia dentro do Hóquei em Patins- é o único país que competiu em todos os campeonatos do mundo, tanto nas 42 edições masculinas como nas doze, até agora realizada no feminino. Em 2013 acabou ultrapassada ela Espanha em títulos mundiais (16 para Espanha, 15 para Portugal) mas hoje são os campeões da europa.
O desafio por certo está nesta equipa feminina. Tres vezes campeã europeia, falta-lhe no entanto o título mundial na modalidade, e que espera consegui-lo em Iquique- Chile.
Portugal apresenta uma equipa com atletas já com experiência neste tipo de competições e com jovens, que querem ter a oportunidade de poder ajudar a equipa a conseguir os objectivos. Todas elas tem mostrado grande motivação e ambiçãoreferiu Carlos Pires, o Seleccionador Nacional Feminino Luso ao hockeyiquique2016.cl.
pires marleneDurante o Mundial, Carlos Pires será secundado por Nuno Ferrão, o actual seleccionador dos Sub-17. Para além destes dois elementos, estará também presente Luís Sénica, o actual Director Técnico da FPP e Seleccionador Nacional Masculino e que em Roma (no 1.º Congresso Mundial da FIRS) apresentou um projecto designado” a arte de defender e atacar”.
Procuramos sempre que os dois sectores, defesa e ataque, nas suas acções especificas. Por isso estamos a tentar encontrar jogadoras que interpretem e executem da melhor forma em pista tudo aquilo que estamos a delinear para o Mundial. Não é nestas componentes tácticas mas sim em todos os outros factores que possam influenciar o resultado final”, referiu Carlos Pires.
As doze pré-seleccionadas lusas cumprem actualmente um plano de trabalho físico individual antes da concentração no Luso entre os dias 5 e 20 de Setembro. Esta etapa final determinará as que comporão a lista definitiva.
Vamos eleger as 10 jogadoras que vão representar Portugal neste campeonato do Mundo e criar todos os automatismos tácticos para este evento. Realizaremos alguns jogos de preparação”, comentou Carlos Pires, de 45 anos e formado como professor de educação física.
Portugal tem prevista a chegada a Iquique a 22 de Setembro próximo, dois dias antes do inicio do campeonato do mundo. Foi aliás uma das primeiras selecções a fazer a reserva hoteleira na Cidade do Norte do Chile onde se vai realizar o Mundial.
"Sabemos que existe um esforço grande da organização para que este campeonato do mundo seja um êxito porque o hóquei em patins feminino e todas a selecções participantes merecem que todo o esforço seja reconhecido. Estou convencido que teremos uma Cidade preparada e com grande ansiedade para ver jogadoras de grande qualidade e com selecções para proporcionar partidas muito competitivas", finalizou Carlos Pires.

Fonte / Foto – www.hockeyiquique2016.cl

workshops para rodapé Noticias NailArt