a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Marlene Sousa- “A Liga ...

sexta , Fev. 03 2023
8

Nil Roca- “Temos de ...

sexta , Fev. 03 2023
11

Alejandro Dominguez- ...

sexta , Fev. 03 2023
10

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62980

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31841

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25826

“Estivemos bem nas ...

quinta , Fev. 24 2022
561

Flash Interview de ...

terça , Ago. 14 2018
1617

TN Sub-20- Sul – Paço ...

segunda , maio 16 2016
2059

4 Tec Massagem 27 Fev

Vitor Pereria AD Sanjoanense

À Sanjoanense saiu uma das “Favas” desta eliminatória da Taça de Portugal, com a deslocação ao “Fidelidade” em Lisboa onde defrontará a equipa do SL Benfica.
Vítor Pereira, o técnico da formação de São João da Madeira, sabe as dificuldades que vai encontrar, mas está confiante no grupo de trabalho, e conforme nos adiantou, não alterou a preparação da sua equipa em função deste jogo. Os objectivos estão focalizados no campeonato, mas não será por isso que não vão tentar surpreender o favorito Benfica.
O Benfica, ainda por cima em Lisboa, era de facto o adversário menos apetecível. Sabemos bem o que é o Benfica, o seu poderio, tem um plantel recheado de valores individuais, trabalha muito e bem como equipa, tem feito um campeonato sem uma única derrota, era sem duvida um adversário a evitar. Sabemos que os jogos da taça por vezes trazem surpresas e acreditamos que podemos melhorar e equilibrar em relação á nossa prestação na luz para o campeonato, onde fizemos uma boa primeira parte pecando um pouco na finalização, na segunda parte as coisas complicaram-se, mas no entanto penso que neste momento estamos melhor, face à programação que fizemos para esta fase final do campeonato que é muito importante e decisiva para nós, no entanto, não alteramos a nossa preparação fase a este jogo que será certamente um teste importante para nós.
Temos a noção daquilo que somos, sabemos que será preciso uma Sanjoanense capaz de se superar, um Benfica abaixo do normal para conseguirmos fazer história. Por norma não somos equipa para nos encolhermos perante os grandes, a nossa mística, o respeito que temos pelos nossos adeptos, pelas nossas gentes, não permite nunca entrar derrotado, não temos nada a perder. Será difícil? Não, será muito difícil, mas também não é impossível.... Logo temos o direito de acreditar e sonhar”, concluiu.

workshops para rodapé Noticias EscovaProgressiva