a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

AD Sanjoanense divulga ...

sábado , Ago. 17 2019
325

Sporting CP organiza ...

sábado , Ago. 17 2019
336

Sub 17 - Definidos os ...

sexta , Ago. 16 2019
725

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
57118

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
25056

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20018

I Torneio de ...

quarta , Ago. 24 2016
1442

Resumo 1/4 Final Taça de ...

sábado , maio 06 2017
842

Pedro Henriques: ...

quinta , Jul. 06 2017
1420

interioresinteriores

IsabelMoraisFacebook123

O HC Braga recebeu e venceu ontem o FC Porto por 3-2, em jogo da 3.ª Jornada do Campeonato Nacional Sub17, mantendo-se invicto na liderança do Grupo A. Numa das melhores partidas que se poderia ver nesta ronda, no escalão Sub17 - Zona Norte, quem se dirigiu ao Pavilhão das Goladas certamente não ficou desagradado, tal foi a intensidade do encontro. Após um período inicial em que as equipas assentavam estratégias e movimentações, foi o FC Porto a assumir o encontro e a procurar o golo, tendo duas oportunidades flagrantes, mas não aproveitadas. Ainda assim, o capitão dos dragões João Lima fez o 0-1 de remate, gesto que repetiu logo de seguida, mas a bola aí já não entrou. Entretanto o mesmo João Lima, de grande penalidade, rematou novamente ao ferro, com o resultado a manter-se inalterado. Como quem não marca sofre, mesmo a terminar o 1.º tempo, Gonçalo Neto faz um golo cheio de classe, metendo a bola na gaveta e fazendo o 1-1, resultado com que chegou o descanso. Na 2.ª parte, voltou melhor o HC Braga, que se adiantou no marcador com novo golo de Gonçalo Neto, que fez o 2-1. Este golo veio animar a equipa bracarense, que passou a atacar com maior acerto, causando imensas dificuldades ao FC Porto. Assim, numa falha de marcação, chegou o 3-1, por António Trabulo, que em frente a Álvaro Pinho (Gr) não falhou. Seguiu-se livre direto favorável ao Braga, mas Gonçalo Neto não foi capaz de converter. Entretanto o FC Porto reagiu e com muita vontade criando imensas oportunidades de golo, mas estas esbarravam em Vasco Alves (Gr), que estava em noite inspirada. Ainda assim, João Martins reduziu para 3-2, a escassos dois minutos do final e o FC Porto acreditou! O HC Braga cometeu a 10.ª falta, mas Tiago Pinto chamado a marcar, não conseguiu chegar ao golo, com o tempo a terminar entretanto, com o HC Braga a ser um justo vencedor, numa partida fantástica e altamente disputada. Nota ainda para a arbitragem de Carlos Correia, que foi má demais para o jogo em questão, cometendo erros demasiado ingénuos para um encontro desta qualidade, prejudicando um espetáculo, que merecia certamente uma arbitragem bem melhor. 

Resultados e Classificação

Foto: Facebook Isabel Morais

workshops para rodapé Noticias PenteadosdeNoiva