a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Ricardo Ferreira renova ...

domingo , Ago. 09 2020
8

Adroher poderá estar a ...

domingo , Ago. 09 2020
97

CD Póvoa já trabalha com ...

domingo , Ago. 09 2020
58

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
59181

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27022

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
21495

ANACP: "1º Congresso ...

sexta , Jun. 17 2016
1220

Espanha escorrega frente ...

quarta , Out. 08 2014
2870

2.ª Div. Norte: CI ...

sábado , Nov. 12 2016
1287

pluri unhas J

FCPVitor Hugo Helder Nunes Goncalo Alves FC Porto Cambra noticia

O FC Porto Fidelidade recebeu e venceu por 11-1 frente à AE Física, em jogo da 15.ª jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão.
"A lei do mais forte imperou e o FC Porto Fidelidade recebeu e venceu esta quarta-feira a Física de Torres Vedras, por 11-1, no Dragão Caixa, na 15.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins. Tratou-se do resultado mais gordo da época em jogos a nível interno (apenas superado pela goleada frente ao Iserlohn, para a Liga Europeia, por 21-1), num jogo em que houve cinco portistas a bisar: Reinaldo Garcia, Vítor Hugo, Hélder Nunes, Álvaro Morais e Jorge Silva. Com este triunfo, os azuis e brancos mantêm a segunda posição e passam a somar 36 pontos, menos sete do que o líder Benfica, que bateu na terça-feira a Juventude de Viana, por 9-5.
O jogo não poderia começar melhor para os Dragões: a saída de bola foi dos forasteiros, mas aos 13 segundos o resultado já era de 1-0, graças a um remate de Reinaldo Garcia. Ainda antes dos dois minutos, Vitor Hugo ampliou para 2-0, na recarga a um remate de meia distância de Hélder Nunes. A Física tinha claras dificuldades em travar os Dragões, especialmente quando estes aceleravam o jogo, mas ainda assim conseguiu algumas situações de contra-ataque na primeira parte, sempre resolvidas por Edo Bosch, nomeadamente aos quatro minutos, quando Carlos Garrancho apareceu isolado, e aos 19, momento em que o guarda-redes impediu a finalização de um livre direto por parte do mesmo adversário.
O FC Porto já ganhava então por 5-0, graças a dois golos de Hélder Nunes (o primeiro dos quais obtido graças a um desvio infeliz de Carlos Godinho) e a uma finalização explosiva de Álvaro Morais, aos 18 minutos. Aos 22, Jorge Silva fez de penálti o 6-0, resultado com que se chegou ao intervalo. Cabestany aproveitou para rodar a equipa, sendo que apenas o guarda-redes Nélson Filipe não entrou em pista. Com o encontro resolvido, a estratégia manter-se-ia no segundo tempo.
O ritmo azul e branco baixou e até poderia ter sido a Física a reduzir a desvantagem, só que Edo Bosch voltou a brilhar nas bolas paradas, defendendo o penálti apontado por Carlos Garrancho, aos 34 minutos. Os portistas reencontraram o caminho dos golos no minuto seguinte, quando Jorge Silva bisou, assistido por Gonçalo Alves. Reinaldo Garcia imitou o avançado, com um remate de meia distância, aos 37, Telmo Pinto fez o 9-0 aos 39 e Álvaro Morais marcou o seu segundo golo numa espetacular picadinha, aos 41. Filipe Bernardino fez o tento de honra dos visitantes, na recarga a um penálti, aos 45, mas Vítor Hugo ainda teve tempo para fechar a contagem em 11-1, a seis segundos do fim.

FICHA DE JOGO

FC PORTO FIDELIDADE-FÍSICA, 11-1
Campeonato Nacional, 15.ª jornada
10 de fevereiro de 2016
Dragão Caixa, no Porto

Árbitros: Rui Torres e António Teixeira (Minho)

FC Porto: Edo Bosch (g.r., cap.), Hélder Nunes, Reinaldo Garcia, Gonçalo Alves e Vítor Hugo
Jogaram ainda: Rafa, Telmo Pinto, Jorge Silva e Álvaro Morais
Treinador: Guillem Cabestany

AE Física: Ricardo Miranda (g.r.), Carlos Godinho (cap.), Carlos Garrancho, João Lima e Vicente Alves
Jogaram ainda: Pedro Chambell (g.r.), Filipe Bernardino, Sandro Santos e André Pereira
Treinador: André Gil

Ao intervalo: 6-0
Marcadores: Reinaldo Garcia (1m e 37m), Vítor Hugo (2m e 50m), Hélder Nunes (11m e 12m), Álvaro Morais (18m e 41m), Jorge Silva (pen., 22m e 35m), Telmo Pinto (39m) e Filipe Bernardino (45m)

Disciplina: cartão azul a Jorge Silva (19m)"

Resultados e Classificação

Foto|Fonte: FC Porto

workshops para rodapé Noticias AutoEpilação