a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

“Hat-trick” de Romero ...

terça , Dez. 01 2020
48

Dragões bateram o HC ...

terça , Dez. 01 2020
19

AD Valongo volta aos ...

terça , Dez. 01 2020
27

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
59655

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27591

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
21952

Península Ibérica domina ...

sábado , Abr. 07 2018
650

CNF- Águias somam 8.ª ...

domingo , Dez. 01 2019
473

Benfica recebe título ...

domingo , maio 22 2016
1430

calendario Pluriform 4

FCP123cabestany fcp breganze noticia

O técnico do FC Porto, Guillem Cabestany estava ssatisfeito com a “atitude” dos jogadores na goleada ao Breganze por 13-4 no jogo da 6.ª Jornada do Grupo A da Liga Europeia. 
«Seis vitórias em seis jogos e passagem para os quartos de final da Liga Europeia alcançada sem mácula. Os Dragões garantiram o pleno com uma goleada ao Breganze (13-4) e Guillem Cabestany, no final da partida, em declarações ao Porto Canal, assumiu estar contente com a “atitude” dos jogadores frente à sua antiga equipa, mas também confessou ter achado que a equipa misturou “coisas boas com outras menos boas”. O técnico falou também de um percurso “espetacular” na competição, lamentando que a campanha não tenha grande influência na hora de atacar a próxima fase, em que os Dragões terão de começar “do zero”.
“Entrámos com a atitude correta para enfrentar um jogo da Liga Europeia mas, por outro lado, acho que fizemos coisas muito boas e outras que não correram assim tão bem. O resultado foi muito bom, apesar de termos marcado alguns golos um pouco estranhos. Estamos a tentar recuperar a linha que tínhamos no final do ano civil e acho que estivemos um pouco despistados durante algumas semanas. Temos de recuperar ainda mais nos treinos”, disse o treinador espanhol.
Quanto ao percurso 100% vitorioso, Cabestany não hesitou em catalogá-lo como “espetacular”, mas demonstrou alguma insatisfação por agora “não servir para nada”: “O facto é que o acesso à final four se resolve em dois jogos e, com efeito, é como se começássemos do zero. Estamos contentes, mas agora temos de olhar para o próximo adversário e ver tudo como no início”.»

Foto|Fonte: FC Porto

workshops para rodapé Noticias AutoEpilação