a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

OC Barcelos com criticas ...

domingo , Set. 19 2021
19

Rui Neto- “Encontrámos ...

domingo , Set. 19 2021
20

Paulo Freitas – “O grupo ...

domingo , Set. 19 2021
16

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61022

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
29243

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
23569

Hóquei em Patins é pura ...

quarta , Jan. 07 2015
1906

Ricardo Baltarejo renova ...

quinta , Jun. 09 2016
1908

3.ª D- Norte ADJ Vila ...

segunda , maio 23 2016
1472

05 Barbeiro Completo 500h Pluriform

12274547 965895036816644 9111061998188764359 n

CD Paço Arcos – AE Física D 2-5

O Paço de Arcos acabou surpreendido no “Casablanca” pela AE Física num jogo onde partia como favorita na luta pelos três pontos. A equipa do Oeste somou aqui o seu primeiro triunfo na prova e logo perante um adversário que intramuros ainda não tinha cedido qualquer ponto.
Foi uma Física muito consistente em termos defensivos e que soube explorar bem as lacunas defensivas adversárias, que se mostrou em Paço de Arcos e acabou por justificar o triunfo, numa luta entre dois concorrentes directos pela manutenção na prova.
Numa primeira metade onde a equipa de Torres Vedras foi quase sempre superior, Carlos Godinho abriria as hostilidades logo ao minuto quatro. Rui Pereira de GP empatou mas até ao intervalo pese as oportunidades criadas, com maior incidência para a formação torriense, o resultado não se alterou.
Segunda parte com a equipa da Física quase sempre mais perigosa, acabaria por render mais dois golos ao conjunto de André Gil. Samuel Lima e Filipe Bernardino, colocavam o marcador em 3-1 para a Física estavam então decorridos 143 minutos de jogo. Miguel Dantas no minuto seguinte a reduzir, na sequência da 10.ª falta da Física através do correspondente LD.
A perder por um golo a equipa de Paulo Garrido a subir as linhas, pressionando a defesa torriense, mas esse risco acabou por ser fatal na estratégia da formação da linha, já que a Física em duas jogadas de contra ataque, e já nos minutos finais acabou por fazer o 5-3, através de golos de Carlos Garrancho e João Lima, selando ali não só o resultado como também o triunfo na partida.
Após esta jornada a Física subiu ao 9.º lugar com 7 pontos, os mesmos do HC Turquel e HC Braga, enquanto o CD Paço Arcos, manteve-se na 8.ª posição com 10 pontos.

Foto: Facebook do CDPA

workshops para rodapé Noticias EscovaProgressiva