a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Ezequiel Mena- “Os três ...

terça , Nov. 30 2021
9

João Souto- “Estamos ...

terça , Nov. 30 2021
9

2.ª Sul- Candelária não ...

terça , Nov. 30 2021
9

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61481

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
29966

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
24238

“Xavi” Lourenço está de ...

quarta , maio 06 2020
1294

HC “Os Tigres”- ...

quarta , Mar. 09 2016
2074

Gabriel Pinto, Dinis ...

quinta , Ago. 31 2017
1665

5 Barbeiro Completo

Terronia

scm fca

SC Marinhense – FC Alverca 8-4

O Marinhense somou mais um triunfo desta feita sobre o Alverca por 8-4 em jogo a contar para a 8.ª jornada do Nacional da terceira divisão, numa partida onde Pedro Coelho com um hat trik este em evidência secundado por “Esteves” e Dário Santo que bisaram na partida.
Mas as coisas até nem começaram bem para a formação do Marinhense que viu o Alverca chegar ao 2-0 com golos de Sérgio Camacho e Hugo Nascimento. O Marinhense chegou ao empate por intermédio de dois golos de David “Esteves” Gonçalves, mas Diogo Santos aos 23 minutos do primeiro tempo voltava a colocar a formação forasteira na frente do marcador. Pedro Coelho chega ao empate a 30 segundo dos intervalo, numa jogada onde a sua qualidade técnica individual foi determinante e que fez levantar os muitos adeptos presentes no Pavilhão da Embra.
Numa primeira parte onde a equipa do Alverca surpreendeu nos primeiros minutos pela sua qualidade táctica, o Marinhense acabaria por equilibrar e a ser já superior quando as equipas recolheram aos balneários.
O Marinhense chegou pela primeira vez à vantagem na partida logo aos quatro minutos do reatamento por Orlando Fernandes, que fazia assim o 4-3 e a partir daí, aproveitando a subida na marcação por parte da equipa orientada por David Valente, e com mais espaço para jogar, a qualidade técnica individual de muitos dos jogadores do Marinhense acabaria por vir ao decima e a reflectir-se no marcador. Dário Santo bisa na partida, com os tentos a serem apontados aos 17 e 21 minutos, e o mesmo faria Pedro Coelho que aumenta para 8-3 ao minuto 24, primeiro de LD a castigar a 10.ª falta do Alverca e segundos depois a dar o melhor seguimento a uma jogada colectiva. O Alverca marcou o único golo neste segundo período, o 8-4por Bernardo Santos a poucos segundos do términus do jogo.
Triunfo que não sofre contestação, em particular pela excelente segunda parte que a formação da Embra realizou, e confirmado pelo seu técnico, David “Esteves” Gonçalves, “terá sido porventura o melhor jogo do Marinhense até ao momento”.
Com este triunfo a equipa do SC Marinhense mantém ainda mais isolada na isolada na frente da classificação, agora com 5 pontos de vantagem para a Juventude Ouriense que não foi além de um empate em Torres Vedras frente à AE Física D- B.

Resultados / Classificação Geral

workshops para rodapé Noticias PenteadosdeNoiva